Um grito no deserto

Por Choji Miyake – Delegado de Polícia Aposentado

Senhores protetores de “BANDIDOS” e auto-protetores, vocês são os responsáveis diretos pela situação de violência que vive o país, com essa maldita LEI DO DESARMAMENTO, a qual ocasionou a atual situação favorável aos marginais que dia a dia são beneficiados por vocês do congresso, verdadeiros representantes dos bandidos e não dos trabalhadores, o que justifica a briga pelo voto dos presidiários para eleição de legisladores que se protegem e, por extensão, os citados eleitores?

Será que apenas um ou dois componentes dessa “central de proteção aos bandidos”, enxergam que estão só trabalhando em favor dos fora da lei, colegas próximos ou distantes desconhecidos por vezes.

Com a Lei do Desarmamento atual, vocês deram garantia aos fora da lei para trabalharem livremente sem “RISCO DE VIDA”, pois desarmaram os cidadãos trabalhadores deixando-os a mercê dos bandidos que agem à vontade (vide ocorrências em SP de 04/06) e que não sofrem qualquer tipo de restrição, ainda protegidos por legisladores que se preocupam em se proteger e, via de conseqüência, protegem seus semelhantes comuns e bandidos, assaltantes, assassinos sem qualquer escrúpulo, que continuam tirando vidas de pessoas honestas, trabalhadoras, pais de família, filhos exemplares, profissionais liberais que trabalham e que, pelo visto, não têm valor.

Para os senhores, apenas bandidos precisam de proteção e podem continuar armados, assaltando, matando, queimando covardemente, pois as leis elaboradas em nosso congresso os protegem, sejam maiores ou menores. Acordem senhores! O povo está saturado de PIZZAS e maracutaias.

Veremos nas próximas eleições, se Deus nos iluminar, a anulação de votos, os quais hoje são passaporte para protetores de bandidos e aderência ao crime de colarinho branco, tudo na “pizzaria oficial federal”. O povo já está acordando, vejam o numero de votos nulos nas últimas eleições em uma cidade do Nordeste. Isso se alastrará no país todo, mesmo com falta de divulgação pela mídia amordaçada ou conivente por interesses financeiros.

Acabem com a atual Lei de Execuções Penais, pois ela é uma colcha de retalhos emendada por alguns bandidos que se auto-protegem. Dêem condições para que a PENA tenha caráter “PUNITIVI”, pois educativa nem nas escolas ocorre, ainda mais com essa maldita e miserável remuneração dos professores, principalmente se comparadas com os gastos dos senhores, sem qualquer resultado positivo para a nação.

As condenações de 50 anos deveriam ser cumpridas em 50 anos, nada de benefícios por bom comportamento, isso é obrigação. Nós, povo trabalhador, somos obrigados a ter bom comportamento e qual o benefício que recebemos por cumprir as regras? Por que os bandidos devem receber? O trabalho dos presos também deveria ser obrigatório, sem desconto nas penas.

PARA VIVER, TEMOS QUE TRABALHAR E NOSSO BENEFÍCIO SÃO OS 27,5% DO IMPOSTO DE RENDA, nada de três dias por um de desconto na pena, o Leão para o trabalhador já é uma PENA pesada (cinco meses de salário anualmente) por que não estudam isso?

Temos muito mais coisas, mas vocês não devem ter tempo para ler, estudar ou pensar sobre o caso. Aumentem a pena para uso de arma de fogo com numeração raspada, sem registro e facilite ao cidadão honesto e trabalhador o PORTE DE ARMA DE DEFESA. Estou à disposição para ajudá-los em estudos mais profundos se interesse houver, beneficiando trabalhadores honestos e não bandidos.

Acordem, protejam quem merece, não só quem interessa.

Compartilhe