Sangue novo, velhos costumes

Nosso agente da SIA (Serviço de Informações Anônimas) flagrou mais um comentário “inexperiente” disparado por um vereador eleito para seu primeiro mandato em uma “cidade qualquer”. Quando o nobre edil soube de um projeto da Casa que reduzirá o salário dos chefes de gabinete para diminuir os gastos, o “novinho” revelou: “Vixi, isso não vai dar certo, já tinha dividido o salário do meu chefe de gabinete com quatro pessoas. E agora, como fica?”.

Por onde anda?

Depois das Eleições 2012, nomes como Saulo Benevides, Dedé da Folha e Maria Inês receberam algum destaque na imprensa regional. Apenas Alberto Ticianelli, o professor que enfrentou a fúria dos outros três candidatos durante o pleito, foi esquecido. O que será que o candidato do PSOL estaria fazendo? O Mais Notícias revela: a esposa de Ticianelli teve um bebê (menina) na penúltima semana de 2012 e o novo papai anda curtindo as férias ao lado da pequenina.

Preocupado I

Circula-se nos bastidores da política local que o ex-prefeito Clóvis Volpi andaria com medo de ser preso. Um chegado do homem disparou que as recentes reportagens sobre ex-prefeitos presos e o número de irregularidades que o novo prefeito tem encontrado na Administração anda incomodando Volpi mais do que suas próprias hérnias.

Preocupado II

Volpi, porém tem um ponto de equilíbrio. Com idade próxima a 70 anos, quando segundo a lei, não é possível ser preso, o político observa a areia correr entre a ampulheta, torcendo para fazer aniversário e escapar de maiores consequências. Afinal, os benefícios da Lei são para todos.

Despreocupado I

Enquanto isso, além de observar a sombra de alguns ex-parceiros ameaçando levantar dados que deveriam permanecer eternamente no anonimato, Volpi acompanha as movimentações políticas com uma leve satisfação, já que mesmo perdendo apostas políticas, sua articulação tem dificultado com que outros novatos gozem da vitória, um verdadeiro jogo político de vaidades.

Despreocupado II

Uma das ditas “movimentações” diz respeito ao PV. Volpi apoiou dois candidatos que não ganharam as eleições. Os dois únicos eleitos do Partido Verde, Mercedes (foto) e Gê do Aliança, foram apadrinhado por outros. Para a presidência da Câmara o ex-prefeito preferiu apoiar um democrata à Onda Rosa. Agora que o PV detém a cadeira de líder de governo o partido afirma que fará oposição. Vai entender!

Compartilhe