Revisão de texto garante a clareza das idéias

O livro que você lê, a notícia no jornal, ou o folder de uma empresa não foi escrito pelo seu autor e imediatamente publicado. Antes de ser enviado à gráfica, cada texto passou pelos olhos atentos de um revisor, que analisou nos mínimos detalhes a ortografia e a estruturação textual, para garantir a clareza das ideias expostas.

A revisora Alessandra Simões destaca que ser amante da leitura é fator imprescindível para ser um bom revisor de textos

A profissão de revisor de texto geralmente é exercida por pessoas formadas em Letras, já que o curso proporciona a amplitude da língua portuguesa. Mas para a revisora Alessandra Simões dos Santos (que escreve a coluna “Perca o Medo de Português, ao lado do professor Sérgio Simka, mensalmente no Educa Mais), nosso idioma deveria ser trabalhado de maneira profunda em qualquer área, uma vez que a comunicação escrita está presente no cotidiano de todo cidadão. “Infelizmente, mesmo como falantes da língua portuguesa, não sabemos ‘falar corretamente’, ou melhor: não conhecemos o nosso idioma da maneira que deveríamos. Acho que dentro de qualquer curso, seja ele de humanas ou exatas, por exemplo, o ensino do português deveria ser enfatizado, pois precisamos dele para nos comunicar e ter o seu domínio é algo que faz a diferença em todas as áreas”, ressalta.

Independente de trabalhar na área, a revisão de texto cabe para todos e em toda situação. Por isso, Alessandra dá algumas dicas para que a mensagem que você escreve a alguém seja transmitida da melhor e mais correta forma possível. “Os itens que devem ser observados são os sintáticos (organização das orações e ideias no texto) e os semânticos (sentido e significado dos termos no texto). Um texto, na hora da revisão, deve ser analisado de acordo com seu gênero adequando tudo ao seu contexto. Por exemplo: Não podemos alterar expressões em um texto legislativo, porém, em um texto jornalístico ou uma crônica temos uma liberdade maior. Logicamente, nós não conhecemos tudo sobre todos os assuntos, mas devemos observar os limites que cada texto nos impõe, sempre pesquisando e buscando o novo, o desconhecido, para aprimorar nosso trabalho”.

Atenção na hora de revisar um texto é fundamental, mas precisa estar somado a outro fator tão importante quanto esse: “É preciso ser um eterno amante da leitura, claro”, conclui Alessandra.

Compartilhe