Nem no tapetão…!

Por Gazeta

Dedé perdeu de novo, na urna e na Justiça. Ontem, por volta das 16h, o colegiado do TER (Tribunal Regional Eleitoral) julgou a ação movida por Dedé da Folha contra o prefeito eleito Kiko Teixeira, onde o candidato derrotado na última eleição pedia a anulação da diplomação do alcaide. O pleito de Dedé foi derrotado por cinco votos contra um, sendo o prefeito absolvido e apto a continuar seu mandato.

Essa ação vinha gerando muita especulação, já que parte da imprensa, em repetidas ocasiões, publicou matérias insinuando que o prefeito perderia o mandato e que o segundo colocado na eleição, Dedé da Folha, poderia assumir. Tudo balela. Caso o desfecho do julgamento fosse contrário ao prefeito, o presidente da Câmara assumiria e seriam convocadas novas eleições.

Alguém sugeriu que o “moleque travesso” deveria ter contratado o advogado do Fluminense, esse sim um especialista em conseguir vantagens no tapetão. Enfim, como diria o editorialista de um conhecido jornal local, as coisas acabaram no devido lugar. Kiko na prefeitura, Corinthians no pódio e Dedé…

Compartilhe