Educação municipal de Ribeirão Pires é considerada modelo para o Instituto Ayrton Senna

Na última quinta-feira, dia 04, representantes do Banco Votorantim visitaram escolas da rede municipal de Ribeirão Pires para conhecer os trabalhos desenvolvidos pela Prefeitura em parceria com o Instituto Ayrton Senna. O sistema de ensino municipal de Ribeirão Pires é considerado modelo, já que o município foi indicado pelo próprio Instituto entre mais de 800 cidades em todo o país para receber o grupo.

A visita faz parte das avaliações do Banco Votorantim, que estuda projetos para destinar recursos. “Estamos definindo as estratégias de investimento social do Banco. Uma delas seria destinar recursos para projetos de educação e a outra para micro créditos em bancos comunitários”, explicou o Gerente de Sustentabilidade do BancoVotorantim, Fernando Tibechrani Salgado.

Representantes do Banco Votorantim visitaram escolas da rede municipal na última quinta-feira (Foto: Gabriel Mazzo)

O Instituto Ayrton Senna, que poderá receber investimentos Banco Votorantim, indicou a rede municipal de Ribeirão Pires para que os representantes do grupo certificassem a qualidade dos projetos desenvolvidos. “A rede municipal de Ribeirão Pires oferece qualidade no trabalho desempenhado e atende aos princípios propostos pelo Instituto em todos os quesitos”, declarou a Gerente de Projetos e Agente Técnica do Instituto Ayrton Senna, Shirley Ferrari, presente durante a visita.

A atuação da Secretaria de Educação e Inclusão da Prefeitura deixou boa impressão entre os visitantes. “A qualidade, o cuidado e a atenção estão no DNA dos profissionais envolvidos na educação municipal da cidade.

Esse é um trabalho que acontece dia a dia. Está na cara das crianças, das merendeiras, das professoras e toda a equipe”, avaliou Salgado.

As escolas municipais Engenheiro Carlos Rohm – unidades I e II – e Professor Valberto Fusari, localizadas na região central, e a Professor Antonio Lacerda Bacellar, no Jardim Serrano abriram as portas para receber os visitantes. Os representantes conversaram com professores, diretores e alunos das unidades e conheceram a estrutura das escolas, desde as salas de aula, salas de informática, espaços de leitura, refeitórios, sala de recursos, preparação da merenda, entre outros.

Um dos destaques foi a horta hidropônica da Escola Municipal Engenheiro Carlos Rohm, cultivada pelos próprios alunos. Depois de colhidas, as folhas de alface são consumidas pelos estudantes. Representante do Instituto para Desenvolvimento do Investimento Social – IDIS – também participou das visitas.

“A qualidade do ensino na rede municipal foi novamente reconhecida com essa indicação. A educação municipal de Ribeirão Pires foi escolhida para representar os bons resultados que as parcerias do Instituto Ayrton Senna levam a municípios em todo o país. Trabalhamos para garantir essa qualidade na estrutura das unidades, nos projetos pedagógicos, na alimentação e em todos os assuntos que envolvem o desenvolvimento educacional e social de nossos alunos”, declarou a Secretária de Educação e Inclusão de Ribeirão Pires, Rosi Ribeiro de Marco.

Parceria – Desde 2007, a Secretaria de Educação e Inclusão mantém parceria com o Instituto Ayrton Senna, que estabelece metas e criou sistema de acompanhamento do ensino dos alunos da rede municipal. Por meio do acompanhamento e da avaliação do Instituto, a equipe da rede municipal elabora ações para garantir a qualidade da educação municipal.

A quantidade de livros que cada estudante deve ler por ano está entre as metas da parceria. A capacitação de professores também faz parte das medidas adotadas de acordo com os resultados obtidos e que têm como principal objetivo ampliar o conhecimento e o rendimento escolar dos alunos.

Compartilhe