Além do Mais…

Nova Pesquisa I

Está para ser divulgada (ou não), uma nova pesquisa elaborada pelo grupo do prefeito. Aguarda-se alguma alteração relevante em relação aos últimos números , já que a rejeição das contas de Dedé e sua condenação a devolver os valores que ele autorizou a pagar em contradição às normas do TCE, podem pesar nas intenções de voto a seu favor. Enquanto isso, Nonô Nardelli é um dos nomes que mais tem ganho força.

Nova Pesquisa II

Quem poderá apresentar números ainda melhores é o vereador Saulo Benevides que no último sábado assinou sua filiação ao PMDB, já em clima de campanha, o que poderá melhorar sua performance na pesquisa. O poderoso PMDB do senador Sarney e do vice-presidente Michel Temer quer fazer ao menos três prefeitos no ABC. Mauá com Vanessa Damo, Ribeirão com Saulo Benevides e Rio Grande com Valmir Copina.

Piada sem graça

Durante a sessão da Câmara, o vereador Vicentinho lançou uma pergunta provocativa ao vereador João Lessa (PSDB): “Ouvi a fofoca de que o senhor também está de partida para o PSD, é verdade Lessa?”. No pulo do gato, João Lessa se levantou e retrucou em tom sério: “Isso não me passou nem por sonho!”. Embora todos os vereadores tivessem achado a cena engraçada, Lessa não achou graça alguma e ficou sério até o final da sessão.

Incomodados

Usando a tribuna, o vereador Gerson Constantino justificou sua saída do PV e ingresso no PSD utilizando um ditado popular. “Os incomodados que se mudem, como eu estava incomodado, me mudei”, teria dito Gerson. Mesmo assim, ele tenta manter um bom relacionamento com seus antigos ‘colegas verdes’ (Volpi e Seraphim), logo, onde estava o incomodo?

PMDB eleito

O que era para ser um Ato de Filiação acabou virando um Ato de Promoção. Durante o evento do PMDB, no último final de semana, todos os apoiadores de Saulo Benevides praticamente repetiram o refrão de mudança e de que Saulo será um prefeito muito bom. Em Mauá, Vanessa Damo seguiu o mesmo perfil. Para os peemedebistas, essas figuras já estão eleitas.

Cinturão Amarelo

O que Valmir Copina de Rio Grande da Serra, Saulo Benevides de Ribeirão Pires, Vanessa Damo de Mauá, Paulo Pinheiro de São Caetano e Gabriel Chalita de São Paulo tem em comum? Todos já se consideram os futuros prefeitos de suas respectivas cidades e querem roubar a hegemonia petista no ABC, formando um “Cinturão Amarelo” entre Rio Grande e São Paulo. Muitos estão incomodados com isso, inclusive os outros pré-candidatos dos demais partidos.

Compartilhe