Além do Mais

Conto do vigário
Uma foto amplamente divulgada em uma rede social, na qual um objeto foi dado como suposto radar na avenida Humberto de Campos – algo já desmentido – gerou frenesi. O episódio mostra que o advento da internet inovou, mas também “criou” jornalistas que, muitas vezes, não se preocupam em checar a informação.

Contou o milagre…
Em Sessão Solene em comemoração ao 32° aniversário do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) municipal, o secretário de Transportes e Trânsito, Adão Alves, citou o fato de que nossa cidade e seus cidadãos, condutores e pedestres, estão entre os que mais respeitam a faixa de segurança em todo o Estado.

… mas não contou o santo
Nosso simpático secretário, porém, assim como a maioria das autoridades, se esquecem de mencionar o trabalho do Mais Notícias e de alguns colaboradores que, há mais de cinco anos, mantém, sem qualquer auxílio oficial, uma página semanal orientando condutores e pedestres a usarem e respeitarem a faixa de segurança.

Assim não vale!
A festa dos 32 anos do Conseg foi pródiga em prestar homenagens e distribuir certificados. Só que os organizadores cometeram falha muito grave, pois os mesmos vieram sem assinaturas das autoridades outorgantes. Com certeza, tais autoridades são bem ocupados e não tiveram tempo para assiná-los, mas diploma sem assinatura não vale.

Compartilhe