Além do Mais…

E o Zé? I

E não é que o Zé apareceu! Após quatro anos de “desseviço” dedicado na Câmara, o vereador José Nelson de Barros (PSD, mas apoia todos os partidos), o nobre edil arregaçou as mangas e se pôs a trabalhar.  O fato é que Zé Nelson, durante a sessão da Câmara desta semana, enviou um importante requerimento ao Executivo Municipal. O documento continha uma simples pergunta: “O que está acontecendo com a antiga rodoviária?”. Ele agora aguarda resposta.

E o Zé? II

A preocupação de Zé Nelson com a antiga rodoviária surpreende. Ora, o assunto foi vastamente abordado em jornais locais, na internet, nos bares e em qualquer local da cidade onde existe algum grupo de pessoas conversando. Será mesmo que o vereador não sabia o que estava acontecendo bem abaixo de seu nariz? Pois é, Zé, pelo menos agora dá pra falar que você se preocupa, sim, com o futuro da cidade.

Secretário para que te quero

O assunto do momento é a escolha do pelotão de frente de Saulo Benevides. A disputa pela vaga comissionada de secretário tem rendido vários comentários. Há quem diga que as vaga serão leiloadas entre amigos, outros defende que haverá uma série avaliação técnica antes de indicar os famosos. Neste meio todo só há uma certeza: que a disputa anda tão concorrida quando o BBB.

Ao bem, Saúde!

Sem vínculos políticos com um ou outro grupo, o novo secretário de Saúde de Ribeirão Pires, o advogado Laércio Lacerda, vive um dilema. Ele não tem medido esforços para fazer um bom trabalho, mesmo assim tem encontrado uma ferrenha oposição a seu trabalho com uma chuva de críticas vindas de todos os lados. Sem entender os motivos de tanta perseguição, o secretário apenas se pergunta: Por que ainda batem na Saúde?

Ao bem, Saúde! II

A pergunta de Laércio se dá porque mesmo após o período eleitoral, as pessoas continuam criticando a Pasta. Em seu ponto de vista até se entende que, por questões políticas, militantes ataquem a Saúde em épocas de eleição. Mas agora, qual seria o motivo? Bem, temos uma ideia: Secretário, com todo respeito, quem está na chuva, cedo ou tarde, se molha. Mesmo que o senhor esteja desempenhando um bom papel, seu cargo é um para-raios de problemas.

Compartilhe