A farra legislativa das credenciais da Zona Azul

Por Gazeta

Estacionamento rotativo, este é o nome e o objetivo da instalação de vagas demarcadas em varias ruas na cidade, a chamada Zona Azul. A Aciarp, administradora do espaço, vende tickets válidos por meia, uma e duas horas, visando provocar uma rotatividade que permita o estacionamento de mais veículos nessas vias onde as vagas são muito disputadas.

Ocorre que nossos vereadores pleitearam e conseguiram junto a Aciarp, autorização para emitir credenciais especiais, para que os mesmos e seus assessores tivessem o privilegio de estacionar gratuitamente (quando em serviço) por tempo indeterminado. Por exemplo: um veículo com a credencial da Câmara, expedido a pedido de um vereador, pode ocupar uma vaga por um dia inteiro, enquanto os outros motoristas podem ficar por no máximo duas horas.

Só que a expedição dessas credenciais virou uma verdadeira farra, sendo emitidas a torto e a direito inclusive para veículos comerciais de empresas que usam e abusam do privilegio, isso sem falar em funcionários do Paço que lotam as ruas do centro comercial de manhã à noite. Comerciantes da área chegaram a contar quatorze veículos com credenciais da Câmara estacionados na rua Felipe Sabag. O resultado disso é que inclusive veículos de entrega têm dificuldades em achar uma vaga na região.

Comentamos o assunto com alguns vereadores que desconversaram, mas é evidente que as tais credenciais estão sendo distribuídas sem critério causando prejuízo aos comerciantes e à própria administradora, a Aciarp, já que quem tem credencial do Legislativo nunca paga para estacionar.

Compartilhe