Prefeitura de Ribeirão Pires se preocupa com sustentabilidade ambiental interna

A Secretaria de Meio Ambiente de Ribeirão Pires (SEMA) lança diversos projetos internos que visam não só a economia financeira da Prefeitura como também a sustentabilidade ambiental. O Mais Notícias marcou um encontro com o secretário Gerson dos Santos Goulart para entender como estes projetos funcionam.

Gerson exibe cartaz da distribuição das canecas aos funcionários da Prefeitura

Gerson exibe cartaz da distribuição das canecas aos funcionários da Prefeitura

O primeiro, com maior impacto econômico é a distribuição de canecas por todos os espaços públicos da Prefeitura, visando assim o desperdício na compra de copos plásticos e também o descarte deste material que tanto afeta a natureza. “Com estas canecas, o funcionário da Prefeitura poderá levar para onde quiser. Cada um tem o seu, com isso teremos também diminuindo o impacto ambiental causado pelo descarte dos copios plásticos”, diz Gerson.

O segundo projeto que já começa a ser implantado pelo Sema é a distribuição de coletores de pilhas. “É importantíssimo direcionar as pilhas usaras para o local correto, por este motivo resolvemos recolher este material por meio dos funcionários da Prefeitura”, explica Ribas. Algo que chama atenção é a confecção dos coletores. “Quando o Banco Real foi comprado pelo Santander, nos foi doadas diversas latinas pelo banco e estas latinhas foram armazenadas. Então, a secretaria resolveu imprimir no verso de impressos inutilizados pelas secretarias o logo da campanha e colar nestas latinhas”, com esta atitude, a confecção dos coletores não tem nenhum custo para a Secretaria.

Cultura sustentável

Quem passa pelas secretarias de Ribeirão deve ter observado diversos caixotes de madeira espalhados pelos cantos com livros. A ideia, explica Ribas, é incentivar a troca de livros e a leitura de forma democrática. “Com estes caixotes que são doados pela população, nós pintamos e colocamos o logo da Prefeitura. Quem tiver algum livro parado em casa pode deixa-lo lá e pegou algum que esteja disponível”, diz Gerson.

Festival do Chocolate é sustentável

Todo o material reciclável que é recolhido no 9° Festival do Chocolate de Ribeirão, o que incluem papelão, latinas, plástico e embalagens de leite, passa por uma triagem de cooperados do Município e são encaminhados à Cooperpires – Cooperativa de Catadores de Ribeirão Pires. Este material é prensado e comercializado juntamente com o resto do material coletado pela Prefeitura na Cidade. Toda a renda é revertida para a cooperativa.

Compartilhe