Verão é tempo de se alimentar bem

Janeiro é mês das férias da criançada e, para aproveitar os dias ensolarados e tirá-las de dentro de casa, muitos pais recorrem à praias, piscinas ou parques, tudo para gastar a energia dos baixinhos.

Calor não é desculpa para descuidos

Calor não é desculpa para descuidos

Mas essa energia precisa ser reposta. Nesta época do ano, as temperaturas estão mais altas e as crianças podem não se alimentar da forma correta. “Nesse período é muito comum surgirem hábitos alimentares inadequados, portanto é importante estar atento e não descuidar da alimentação, optando sempre por alimentos de baixas calorias e evitando os gordurosos”, orienta a nutricionista Ellen Carolina, da Santa Casa de Mauá.

A especialista afirma que neste período as substituições são uma boa pedida e que o clima quente é favorável para o consumo de alimentos crus, frutas, verduras e legumes, onde se encontram vitaminas, minerais e fibras. “As carnes magras, brancas de aves e peixes que proporcionam fácil digestão também são outra opção saudável. O ideal é que sejam cozidos, grelhados ou assados. As frituras devem ser evitadas, pois não combinam com o clima quente do verão”, alerta.

As folhas verdes são essenciais, mas é importante ter cuidado com o tempero das saladas, evite molhos prontos e maionese, substitua-os por azeite, limão, vinagre e molhos a base de iogurte. As gorduras de origem vegetal, como azeite, óleo de girassol, canola e soja podem ser utilizados, pois são mais saudáveis do que as gorduras de origem animal.

E se no meio da tarde a criançada sentir fome, os lanches são bem vindos. “Pães com recheios magros sempre devem ser acompanhados de saladas. Sucos mais elaborados também são ótima opção, crie e prepare sucos diversos. Substitua os salgadinhos fritos pelos assados, pois possuem menos gordura”, concluiu a nutricionista.

Compartilhe