Saulo nega participação de Damo na Prefeitura de Ribeirão Pires

A derrota de Vanessa Damo (PMDB) à prefeitura de Mauá levantou suspeitas quanto à uma possível interferência da equipe da deputada estadual junto ao governo de Saulo Benevides, em Ribeirão Pires. Um jornal local chegou a espalhar boatos de que Vanessa Damo enviaria um número considerável de “parceiros” para ocupar as vagas de comissionados em 2013.

Apensar da boa amizade, Saulo disse não ter qualquer compromisso com Vanessa Damo

O prefeito eleito Saulo Benevides negou que exista qualquer tipo de compromisso com a deputada, a não ser aquele com respeito à emendas parlamentares para a cidade. “Os nossos cargos comissionados serão nomeados por decisão exclusivamente minha, com critérios específicos e sem influência de ninguém. O compromisso que temos com a deputada Vanessa Damo é com a cidade de Ribeirão Pires. Ela, desde 2010 tem conseguido verbas e emendas para nossa região”, enfatizou o novo prefeito eleito pelo PMDB.

Saulo também negou o que foi veiculado em um informativo local: “Quero dizer á população de Ribeirão Pires que esse boato é mais uma inverdade maldosa e inverídica publicada pelo jornal do Dedé”.

Segundo o novo prefeito, cada um dos cargos comissionados em secretarias será ocupado por pessoas com qualificação técnica e política, sendo a transição realizada aos poucos. Benevides chegou a declarar, em entrevista recente, que pretende congelar as contratações durante os três primeiros meses de sua gestão com o objetivo de adequar os novos funcionários.

Além deste boato, outras informações estão sendo disseminadas por vários setores da Prefeitura. Uma delas é a de que Saulo demitiria todos os funcionários públicos em estágio probatório (recém contratados via concurso público). “Isso não é verdade, todos os concursados continuam trabalhando. Eu exoneraria algum funcionário somente se constatar que a pessoa não trabalha ou se ela fosse um tipo de funcionário-fantasma”, garantiu o novo prefeito.

Compartilhe