Saiba mais sobre a Tireóide

A Tireóide é uma pequena glândula com a forma de uma borboleta, localizada na região anterior do pescoço, logo abaixo do “pomo de Adão”.

Sua função é o controle do metabolismo do corpo. Numa forma simples de explicar, pode-se dizer que ela controla a velocidade em que o corpo trabalha e como utiliza a energia.

Função da Tireóide é controlar o metabolismo do corpo

Esta pequena glândula, frequentemente, é acometida por diversas doenças, citadas a seguir.

Tireoidite: é a inflamação da Tireóide por diferentes causas, podendo levar ao Hipotireoidismo, que é a redução de seus hormônios, cujos sintomas principais são: o ganho de peso, fraqueza e cansaço, intestino preso, depressão, dores musculares, alterações nas unhas e cabelos, entre outros.

Bócio: é o aumento do volume da Tireóide, conhecido popularmente como “papo”. É causado pela presença de tumores, infecções, doenças auto-imunes ou falta de iodo na dieta, hoje menos comum pela adição de iodo no sal de cozinha.

Nódulos Tireoidianos: são muito frequentes e a grande maioria destes são lesões benignas que, muitas vezes, não requerem tratamentos, mas apenas acompanhamento com exames. Os tumores malignos, ou seja, o câncer de Tireóide, não é raro. A diferenciação entre malignos e benignos é realizada através de um exame chamado de Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF). Na PAAF é utilizada uma agulha acoplada a uma seringa para aspiração, o que pode ser realizado após um procedimento cirúrgico.

O tratamento pode ser medicamentoso, cirúrgico ou com a utilização de iodo radioativo.

Constatou-se recentemente que 15% da população com idade superior a 45 anos sofrem de problemas na Tireóide, daí a grande importância da realização periódica de exames preventivos. Consulte o seu médico.

Dr. Valberto Fusari Jr.

Médico Ultrassonografista

Proprietário do Fusari Centro Diagnóstico por Imagem

CRM 109.792

Compartilhe