Rogério do Açougue quer Guarda Mirim de volta para jovens mais comprometidos

Rogério Paulo Luiz, o Rogério do Açougue, é uma figura conhecida na cidade que há 32 anos mora em Ribeirão Pires, tendo chegado a cidade apenas um ano depois de começar a trabalhar no ramo que lhe deu o famoso apelido.

“Estou aqui pela renovação e para uma cidade melhor. Serei um parceiro da população, afinal ninguém faz sucesso sozinho”

Conhecido por ser uma figura afável e prestativa, Rogério começou a vida profissional cedo, aos 9 anos: “vi uma placa procurando ajudante e de lá para cá nunca deixei de trabalhar. Penso que o trabalho afasta as pessoas de coisas erradas”, afirma. E é justamente pensando nesse mote que apresenta um de seus sonhos: “gostaria de ver a Guarda Mirim de volta, mas no formato do programa Jovem Aprendiz, como rege a lei”, afirma. Desta maneira, pensa que vários jovens poderiam ter no programa o seu primeiro emprego. “Nossos jovens poderiam ser educados de uma forma mais culta e objetiva, pois eles precisariam obter boas notas na escola para ficar na Guarda”, explica.

Outra preocupação de Rogério do Açougue é com a Saúde. “A cidade precisa urgentemente de mais UBSs e plantão médico nos bairros, além de serviços como hemodiálise e mamografia”, explica. Para brigar por tudo isso, é candidato a vereador pelo PMN: “é um partido de história, que foi fundado sob a ideologia de liberdade que Tiradentes pregava”, explicou. E é assim, pregando também a responsabilidade com o dinheiro público e com o bem-estar social, que Rogério planeja ajudar Ribeirão Pires. “Estou aqui pela renovação e para uma cidade melhor. Serei um parceiro da população, afinal ninguém faz sucesso sozinho”, conclui.

Compartilhe