Renato Foresto suspeita de boicote à pedido para abertura de CEI

O assunto da invasão dos sistemas da Prefeitura, ainda paira sobre a cabeça de um vereador; Renato Foresto (PT), que não engoliu o fato de seu pedido para que fosse aberta uma CEI (Comissão Especial de Inquérito), tenha sido negado por seus colegas. Como o próprio Renato comentou, ele “não iria abrir o assunto para fora da Câmara”, mas como seu colega de bancada, Adriano (PMDB) não conseguiu se segurar e acabou comentando que Renato estava suspeitando que a CEI só não saiu do papel porque achava que alguém estaria por trás dissomanipulando a vontade dos vereadores, o assunto acabou por se tornar pauta de sério debate.

Vereador suspeita de boicote ao pedido de abertura da CEI

Vereador suspeita de boicote ao pedido de abertura da CEI

A discussão chegou ao ponto de Renato se ver “contra” três de seus colegas. Adriano, Silvino Castro e Hércules Giarola (com quem Renato teve rusgas recentemente).
O assunto passou de obrigações à permissões, quando Silvino comentou: “Se o Saulo quiser que a gente abra uma CEI, a gente abre”, como também disse Hércules ao afirmar que “o delegado Pimenta”, é quem deveria acionar o Ministério Público para averiguar toda essa história.
Nesta discussão, o petista disse ter chegado à uma conclusão, após as falas do vereador Hércules. “Com tudo isso que você está me dizendo, só me leva a crer que nós, temos que deixar o Executivo fiscalizar o Executivo! É isso que você está me dizendo!”, completou sentando-se enquanto o ex-líder de governo repetia a seguinte frase: “Não foi isso que eu disse, você sabe disso!”.

Compartilhe