PT mostra força e reúne mais de 700 para celebrar 31 anos

Em jantar dançante realizado no Ribeirão Pires FC na última sexta-feira, o Partido dos Trabalhadores (PT) celebrou seu 31º aniversário na cidade, em ato político que juntou mais de 700 pessoas – que adquiriram convites antecipadamente – e mostrou a força da legenda para as eleições 2012.

Lideranças regionais, como Oswaldo Dias, marcaram presença

O clima amistoso e de confiança se tornou uma espécie de “corrente para frente”, uma mostra do que, há alguns meses, já se fala na cidade: de que o PT está de volta com força e unido. Prova disso foi a presença de fortes lideranças regionais, como o deputado estadual Donisete Braga, o deputado federal Jose de Filippi e o prefeito de Mauá Oswaldo Dias, que vieram mostrar apoio formal à pré-candidatura de Maria Inês.

“Vindo aqui vocês mostraram que o PT tem aliados e tem militância e mostra que podemos fazer um futuro que Ribeirão Pires reconheça como o melhor para a cidade. O PT está mais vivo do que nunca!”, afirmou o engenheiro Antônio Carlos Pereira de Souza, o Carlão, presidente do PT.

As lideranças locais que estão fechadas com a legenda até aqui também foram apresentadas, com destaque para uma surpresa: o PP, de Anderson e Luiz Carlos Grecco (leia matéria a seguir), que endossou oficialmente a pré-candidatura de Maria Inês: “em nome do PP, quero dizer publicamente que estou abrindo mão da minha condição de pré-candidato a prefeito. Estamos juntos nesta luta pelo bem da nossa cidade. Ribeirão Pires em primeiro lugar”, afirmou Anderson Grecco, presidente do PP.

Outros partidos como o PTC, representado pelo advogado Antônio Carlos Medugno, André Nascimento, do PSDC e José Pinto Filho, do PPL, também discursaram, sendo aplaudidos efusivamente pelos presentes e devidamente saudados pela pré-candidata, que fez questão de citar nominalmente um a um durante seu discurso. A seguir, além de prestar homenagem ao ex-presidente Lula, que se recupera de um câncer, também exaltou a força com que a legenda se apresenta: “temos proposta, apoios e principalmente essa militância, que nenhum outro partido tem”, antes de concluir externando o pensamento do PT: “vamos trabalhar como sempre soubemos: com alegria, propostas e trabalho, sem salto alto e com muita humildade”.

Compartilhe