Protesto marca feriado em Ribeirão Pires

O último sábado, o dia 21 de abril, feriado de Tiradentes, foi a data escolhida por um grupo de brasileiros insatisfeitos com a situação da corrupção no Brasil para a realização de vários protestos espalhados pelo país, o chamado “Dia do Basta”, movimento apartidário que busca moralizar a política brasileira.

Munícipes gritaram palavras de ordem ao caminharem pelo centro da cidade

Em Ribeirão Pires, um grupo de aproximadamente 80 pessoas se reuniu no antigo Terminal Rodoviário para realizar a versão municipal do movimento popular nacional, batizado “1ª Marcha contra a Corrupção e a favor da Educação” para mostrar que a cidade também estava alinhada com o pensamento do restante do país.

Organizada prioritariamente pela Internet, a manifestação começou com o discurso de alguns munícipes, que foram além do tema inicial ao lembrar do caos da Saúde por meio de um relato sobre mau atendimento no Hospital São Lucas. Depois disso, devidamente munidos de placas e cartazes com reivindicações como “menos monumento, mais atendimento” e “basta a corrupção, quem manda é o povo”, seguiram rumo ao palco da Praça Central e, a seguir ao Paço Municipal, bradando palavras de ordem como “ou para a roubalheira ou paramos o Brasil!”. Segundo os organizadores em comunicado, haverá “mais atos ao longo do ano” e “mais ações cidadãs”.

Saúde em foco – Dois dias antes, na quinta-feira, outro grupo promoveu uma manifestação cobrando uma solução para o caos da saúde em Ribeirão Pires que, a cada dia, parece um buraco cada vez mais fundo, com falta de médicos, mau atendimento e filas intermináveis especialmente no Hospital São Lucas. Munidos de um carro de som, o ato percorreu o centro e terminou no estacionamento do Paço Municipal.

Compartilhe