Projeto Óleo Legal chega às escolas da rede municipal de ensino

Um trabalho conjunto entre as Secretarias de Educação e Inclusão e a SEPHAMA (Secretaria de Planejamento Urbano, Habitação, Meio Ambiente e Saneamento Básico) leva a todas as escolas da rede municipal o evento “Óleo Legal”, projeto que tem como proposta conscientizar sobre a defesa do meio ambiente, oferecendo destino correto para óleo de cozinha usado que é gerado nas residências.

O Instituto CISTEMA, responsável pela apresentação do projeto no município, junto ao FEHUDRO (Fundo Estadual das Bacias Hidrográficas), propõe que, além da coleta sistemática e contínua de óleo vegetal em toda a cidade, que acontece através da Cooperpires, os alunos da rede municipal sejam conscientizados e levem essa prática para que toda a família aprenda como ajudar o meio ambiente.

Todas as escolas da rede municipal receberam um recipiente para que a comunidade escolar possa coletar o óleo residual gerado na própria instituição de ensino. Os alunos também foram orientados a trazer recipientes pequenos, fechados, para armazenarem na escola. Os responsáveis das escolas deverão entrar em contato com a equipe do projeto quando o volume de óleo coletado aumentar, para que o material seja recolhido e a destinação correta seja feita pelo próprio Instituto CISTEMA.

Complementando o trabalho feito em sala de aula por meio dos próprios professores, os alunos recebem orientação de forma lúdica e artística sobre como destinar corretamente o óleo usado, com apresentação teatral realizada por trupe de atores destacada pela Secretaria de Educação e Inclusão para ir de escola em escola da rede municipal de ensino.

A primeira apresentação aconteceu na última terça, dia 13, na Escola Municipal Professora Neusa Luz Sanches, localizada na Vila Suissa. Até novembro deste ano, todas as escolas da rede pública de ensino receberão os artistas.

O espetáculo possui três etapas, cada uma com duração de 30 minutos em média, que incluem explicações sobre a campanha e distribuição de informativos para estimular que a ideia seja passada adiante, para familiares, vizinhos e amigos. A terceira etapa consiste em reunião realizada com os gestores da escola, para que levantamento sobre os aspectos positivos e negativos do evento sejam discutidos e haja um aprimoramento do projeto dentro da escola.

Compartilhe