Outubro é o mês de atenção à mulher

A campanha Outubro Rosa visa conscientizar sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama. Logo ganhou notoriedade e se espalhou mundo afora. No Brasil, surgiu nos anos 1990. Dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) estimam que entre 58 e 60 mil mulheres serão afetadas pela doença neste ano.

Outubro Rosa visa conscientizar sobre o câncer de mama

Por isso, é importante a realização de exames preventivos, como mamografia e ultrassom das mamas. É o que explica o oncologista do Hospital Ribeirão Pires, Fernando Prearo. “A realização desses exames é fundamental. Quanto mais precoce o diagnóstico, mais chances de se achar lesões menores e de cura.” Prearo também comenta sobre o autoexame. “Ele também é forma de rastreamento, é necessário. Devemos estimular na população. Deve fazer parte do dia-a-dia.”

Uma vez identificada a doença, existem dois tratamentos: Ou por cirurgia (mais rara), ou por tratamento combinado (cirurgia, quimioterapia, radioterapia e hormonioterapia). “Varia com o estágio no qual a doença está. Muitas vezes a ‘quimio’ vem antes da cirurgia, entre seis meses a um ano. O tratamento hormonal é mais longo, feito com comprimido via oral todos os dias por 10 anos”, comenta o especialista, que finaliza: “É importante o envolvimento de outras áreas médicas no tratamento, como a psicologia e grupos de apoio. Agrega bastante à qualidade de vida, já que essa doença abala o psicológico.”

Até onde se sabe, não há prevenção. Porém, existem fatores de risco que aumentam chance de se tê-la, como menstruação cedo, menopausa tardia e gravidez após os 30 anos, já que tudo isso aumenta a exposição aos ciclos hormonais. Por fim, o oncologista lamenta que, como ele e sua equipe estão à frente do setor no Hospital Ribeirão há três meses, “não houve tempo para ações educativas neste mês. Mas, no ano que vem e os próximos, teremos” e completa: “Queremos que a população saiba que o setor de oncologia do hospital já está atendendo. Futuramente, queremos criar centro de quimioterapia.”

Em nota ao Mais Notícias, a secretaria de Saúde e Higiene de Ribeirão, Patrícia Freitas, reforça que, “para chamar a atenção da população, médicos ministrarão palestras sobre o tema em todas as UBS’s e os moradores poderão esclarecer dúvidas sobre a doença e ter informações sobre serviços disponíveis na rede pública para diagnóstico e tratamento da doença” e completa: “A prevenção ao câncer de mama é de extrema importância e por isso precisamos garantir à população informações sobre o que é, como diagnosticá-la e reforçar as orientações sobre necessidade da realização de exames de rotina. Essas ações são sempre feitas em nossa rede de saúde.”. Para mais informações, acesse o site do Inca (www.inca.gov.br) e o da campanha (www.outubrorosa.org.br).

 

 

Compartilhe