“Olheiras”, as eternas vilãs da beleza

Poucas horas de sono, stress, má circulação sanguínea, dietas muito severas, exposição ao sol, excesso de bebidas alcoólicas, má alimentação e até mesmo excesso de trabalho são responsáveis por uma das piores vilãs da beleza facial, as olheiras.  Quem nunca teve que disfarçá-las para encarar um dia de trabalho, uma festa ou um simples passeio no parque.

Incômodas manchas podem ser tratadas de diversas formas

As ditas manchas escurecida que aparecem abaixo dos olhos podem dizer muito sobre o tipo de vida de uma pessoa, já que as olheiras representam muito mais do que noites mal dormidas. Segundo a dermatologista Carolina Marçon, “as olheiras podem se tornar mais evidentes devido a fatores cotidianos, como o uso de pílula anticoncepcional, cigarro e excesso de café, fatores que podem desencadear dilatação e congestão dos vasos sanguíneos da região da face”. Assim, uma pequena mudança nos hábitos cotidianos podem evitar esse ‘mau olhado’.

Sobre os tratamentos mais indicados, alguns princípios ativos clareadores como o laser, luz intensa pulsada, peelings e preenchimento podem contribuir para amenizar e tratar as olheiras.  Loções também combatem o vaso-dilatamento facial. “Os cremes mais indicados são aqueles que contêm ácido retinóico, vitamina C, ácido kójico e ácido hialurônico. A luz intensa pulsada é um dos procedimentos indicados para tratar as olheiras, pois destrói a melanina e hemoglobina, clareando a pele”, destaca a médica.

Agora, quando a força da gravidade, somada aos anos de experiência são as responsáveis pelas olheiras, o melhor é estimular a formação de colágeno que firma a pele. A flacidez ocasionada pela idade pode ser diminuída com aplicação de laser. “O importante é a avaliação do tipo de pele do paciente e das características das olheiras, para que o tratamento seja adequadamente indicado e traga bons resultados”, informa a dermatologista.

Assim, para prevenir as indesejáveis olheiras, siga essas dicas:

– Evite cigarro, bebidas alcoólicas e alimentos com muito sal e condimentos;

– Durma pelo menos sete horas por dia;

– Antes de dormir, passe um creme cosmético específico para a hidratação da área dos olhos, principalmente aqueles que possuem componentes para amenizar olheiras;

– Pratique exercícios físicos e mantenha uma alimentação saudável;

– Evite a exposição ao sol para evitar a piora da pigmentação abaixo dos olhos;

– Compressas geladas com chá de camomila, soro fisiológico ou água filtrada podem ajudar;

– Cada tipo de pele e cada tipo de olheira têm um tratamento mais indicado e quem pode avaliar e indicar o método ideal é um médico.

Compartilhe