Mamografia: fundamental no combate ao câncer

Cancer de MamaOntem, dia 05 de fevereiro, foi comemorado o Dia Mundial da Mamografia, data criada em 2008 para conscientizar as mulheres sobre a importância do exame para a prevenção do Câncer de Mama, uma das doenças que mais matam em todo o mundo. A data foi escolhida em ao dia de Santa Ágata, protetora das mamas e padroeira dos mastologistas.

A mamografia é feita através da radiografia das mamas realizada por um equipamento chamado mamógrafo e é feita a partir de pressão nas mamas para visualizar pequenas alterações que permitem descobrir o câncer ainda em sua fase inicial. “A finalidade do rastreamento mamográfico é identificar um tumor ainda não palpável, quando a possibilidade de cura está acima de 95%”, explica o mastologista do Hospital da Mulher de Santo André, Dr. Guerino Barbalaco.

O Câncer de Mama é um dos tumores que apresenta a maior possibilidade de cura, mas para isso é necessária a realização do exame para que o diagnostico seja feito o mais rápido possível. “É preciso fazer a primeira mamografia entre 35 e 40 anos. Depois dos 40, o exame deve ser feito anualmente. A cada retorno é importante levar a mamografia anterior para avaliar possíveis alterações”, informou mastologista.

Mulheres com mãe, irmã ou filha que tenha desenvolvido a doença devem ficar mais atentas. Porém, independente de casos na família, toda mulher deve fazer a mamografia a partir dos 40 anos – afinal, 90% a 95% dos casos de câncer de mama são esporádicos, ou seja, não familiares.

Para comemorar o dia Mundial da Mamografia, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo lançou ontem o programa “Mulheres de Peito”. As mulheres com idades entre 50 e 69 anos poderão fazer, gratuitamente, exames de mamografia pelo SUS no mês do seu aniversário, sem a necessidade de pedido médico prévio. Para este ano, estarão aptas as nascidas em meses pares. Já no ano que vem serão contempladas as dos meses ímpares.

Dia Mundial de Combate ao Câncer

Esta semana também foi marcada pela celebração do Dia Mundial de Combate ao Câncer, quando a Organização Mundial da Saúde divulgou um relatório que mostrou que por ano, aparecem 14 milhões de novos casos sendo que o índice de pessoas doentes deve subir até 50% em duas décadas.

O índice de câncer irá aumentar nos países em desenvolvimento por causa do crescimento da população e de mudanças no estilo de vida. Nas próximas décadas, o número de novos casos por ano deve chegar a 22 milhões por ano no mundo.  Criado no dia 04 de fevereiro de 2005 a campanha de combate deste ano tem como slogan “Derrube os mitos!”. O objetivo da ação é disseminar conhecimento sobre os vários e diferentes tipos de tumores malignos e derrubar preconceitos a respeito da doença.

Compartilhe