Governo Saulo reduz gastos da Prefeitura em R$ 42 milhões

Choque de gestão, responsabilidade com o dinheiro público, controle de compras e estoques a fim de se evitar desperdícios. A forma de administrar a cidade implantada pelo prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides, revela que nos oito primeiros meses de 2013 a despesa do Executivo foi 22% menor se comparada ao mesmo período de 2012.

O destaque é que, mesmo gastando R$ 42,1 milhões a menos do que a gestão passada, os investimentos foram melhor aplicados e o serviço público teve um salto de qualidade. “É até curioso, pois o que evitamos em desperdício, com licitações sem planejamento, falta de controle de entrada e saída de bens materiais e serviços, enfim, com gestão, é o mesmo valor da dívida que herdamos da administração passada: R$ 42 milhões”, disse o prefeito Saulo.

De janeiro a agosto de 2012 as despesas da Prefeitura de Ribeirão Pires chegaram a R$ 190,5 milhões. Nos oito meses do governo Saulo, foram investidos R$ 148,3 milhões.

O principal setor que ilustra a eficiência dos recursos próprios investidos é a Saúde. O governo Saulo Benevides contratou 22 médicos, oito enfermeiros, 25 técnicos de enfermagem, comprou novas ambulâncias, reformou equipamentos da Saúde, investiu em novos consultórios de odontologia, inaugurou uma Unidade Básica de Saúde (Centro Alto), ações que comprovam os investimentos.

“O que estamos fazendo na Saúde surge efeito, pois a população sente a diferença quando busca uma consulta e há médicos para atendê-la ou quando necessita de uma remoção de ambulância. Na UPA, por exemplo, 15% dos cerca de 500 atendimentos diários é para pessoas de fora de Ribeirão que, devido ao SUS, somos obrigados a atender”, explicou Saulo. “Ou seja: com responsabilidade é possível investir sem desperdiçar e obter melhores resultados, principalmente em tempos de crise na economia do País, que reflete diretamente na arrecadação do município”.

Educação e Administração seguem mesmo padrão de gestão

As Secretarias de Administração e de Educação também servem para ilustrar a forma de gerir a cidade implantada pela gestão Saulo Benevides. Ambas as pastas têm conseguido resultados mais expressivos com gastos menores.

Na Administração a ordem é critério e gerenciamento. Nos oito primeiros meses de 2013 foram investidos R$ 12 milhões, ante R$ 18,4 milhões gastos no mesmo período de 2012. “O relevante na Secretaria de Administração é que, além de gerir entrada e saída de estoques e o recursos humanos da Prefeitura, a pasta realiza as licitações de todas as outras secretarias. Como atuamos de forma transparente, sempre buscando a melhor qualidade pelo preço mais justo, ela acaba por beneficiar toda a gestão”, afirmou o prefeito.

Na Educação, mesmo com mais alunos e professores, o investimento para suprir com qualidade toda a demanda da pasta foi menor do que o gasto em 2012. Foram R$ 37,3 milhões em 2013, contra R$ 39,4 no ano passado. “Na Educação também temos peculiaridades, pois com a entrada de 320 alunos na rede municipal em 2013, temos investimentos com kits escolares, merenda, estrutura nas escolas e salas de aula, material de escritório e de sala de aula, enfim, tem toda uma gama de ações por trás de cada aluno que ingressa na rede pública municipal de ensino”, explicou.

Prioridade, Saulo investe na Saúde

Pacientes aprovam investimentos no setor, que vão desde a contratação de médicos até melhorias estruturais nos equipamentos

O prefeito da Estância Turística de Ribeirão Pires, Saulo Benevides, tem investido maciçamente na Saúde, um dos setores prioritários da administração. Além da contratação de novos profissionais, acabando com a falta de médicos, enfermeiros e especialistas, Saulo tem comprado ambulâncias, reformado unidades de saúde, não há mais falta de medicamentos e os resultados são aprovados pela população.

Desde o mês passado, a rede conta com o reforço médico de 19 novos pediatras e 33 profissionais nas equipes de enfermagem. Três médicos psiquiatras também reforçarão o atendimento prestado aos moradores. Os novos profissionais foram contratados pela Prefeitura por meio de convênio emergencial firmado com a Fundação do ABC. No último sábado, a Prefeitura inaugurou a UBS Centro Alto, antiga reivindicação da população.

“Com mais profissionais e a melhoria na estrutura de trabalho, o tempo para a realização dos procedimentos é reduzido e a qualidade do atendimento aumenta. Este é o projeto do prefeito Saulo (Benevides) para o setor, que será aplicado em toda a rede”, afirmou o secretário de Governo, que responde interinamente pela pasta de Saúde e Higiene, Koiti Takaki.

Mudanças já são observadas por quem utiliza constantemente os serviços de saúde municipal. É o caso de Katia Marisa Pereira de Lima, 40 anos. Na última semana, a moradora do Jardim Caçula procurou os serviços da UPA para sua filha de 15 anos que sofre de asma. “O atendimento hoje foi muito rápido. Meses atrás estava complicado”, avaliou.

Katia também percebeu mudanças e aprovou o atendimento médico prestado. “Foi muito bom. O médico é atencioso, examinou bem minha filha, recomendou medicação e pediu para retornarmos para ver se ela melhorou. Antes ela recebia medicação e já era mandada para casa”, lembrou.

A qualidade do serviço prestado na UPA Santa Luzia também faz com que a unidade seja referência para moradores de outras cidades, como Cassiana Sarmento Leite, 32 anos. Com crise de enxaqueca, a moradora do Parque das Américas, em Mauá, procurou atendimento médico na UPA de Ribeirão. “Tenho costume de vir para cá. Em outros lugares o atendimento é precário e a estrutura daqui é muito boa”, opinou. De acordo com o Sistema Único de Saúde (SUS), as cidades são obrigadas a atender, mesmo o usuário não sendo morador do mesmo município do equipamento de saúde.

Investimentos são permanentes

A Prefeitura de Ribeirão Pires trabalha desde o início do ano para promover melhorias na saúde pública municipal ouvindo as reivindicações dos moradores, modernizando os equipamentos e a estrutura da rede, garantindo assim a qualidade dos serviços prestados.

Mudanças significativas já foram feitas, como a inclusão dos moradores na elaboração do Plano Municipal da Saúde – documento norteador das ações para o setor que será válido no período entre 2014 e 2017.

Importantes projetos estão sendo desenvolvidos, como os que garantiram mais de R$ 1 milhão para a construção de Unidades Básicas de Saúde no Jardim Valentina e Quarta Divisão que, atualmente, funcionam em prédios locados pela Prefeitura. Com unidades próprias, além de garantir mais conforto e modernizar o atendimento, o município terá economia anual de aproximadamente R$ 110 mil.

A cidade também foi contemplada com o aumento do teto de repasses do Governo Federal para a Atenção Básica. Isso representará R$ 350 mil a mais por ano para auxiliar a Prefeitura no pagamento de despesas das unidades de saúde, como a compra de parte dos insumos utilizados.

Outras ações também aproximam moradores e gestores de saúde, como a implantação de um Balcão de Informações na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Luzia. No local os moradores podem esclarecer dúvidas, fazer sugestões e até mesmo reclamações.

Ajustes nas escalas das equipes da saúde garantem a cobertura do atendimento na rede

Assim como a mudança do atendimento ortopédico de urgência e emergência da UPA para o Hospital e Maternidade São Lucas, que redistribuiu o fluxo de pacientes, contribuindo para a redução do tempo de espera, as melhorias podem ser observadas em diversos setores, desde o farmacêutico, que está sendo reestruturado, até o atendimento da Central de Ambulância, que também foi reforçado com novos veículos.

Além disso, mutirões de saúde beneficiaram a pacientes do Jardim Luzo e Jardim Guanabara, com mais de 700 exames laboratoriais realizados. Fora isso, campanhas de prevenção à osteoporose, transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, tuberculose, dengue, entre outras, fazem parte da programação da Secretaria de Saúde e Higiene, têm sido realizadas desde janeiro.

A Prefeitura de Ribeirão Pires também está investindo na modernização dos equipamentos odontológicos da rede municipal de saúde. Os moradores do Jardim Caçula são os primeiros contemplados com melhorias, como uma nova cadeira odontológica recentemente instalada no local. Outras unidades também receberão melhorias em saúde bucal nos próximos meses.

“Não sabia que era tão bom. A estrutura é ótima. Investimentos são necessários. As vezes a gente não tem dinheiro para fazer um tratamento, então o serviço da unidade ajuda muito”, opinou a moradora Elseni Lobo da Silva. Já a dentista Dra. Márcia Moreira, observa: “Os novos equipamentos ajudam muito o trabalho. Nos municia para prestar um atendimento melhor. Posso dizer com felicidade que a estrutura está melhorando. O equipamento é uma extensão do nosso braço. Agora tenho tudo novinho”, afirmou a dentista.

Estrada do Taquaral recebe pavimentação até a Índio Tibiriçá

Prefeito Saulo Benevides consegue emenda junto ao deputado estadual Milton Vieira, que possibilitará a implantação de asfalto em cerca de 1 km

O prefeito da Estância Turística de Ribeirão Pires, Saulo Benevides, esteve reunido recentemente com o deputado estadual Milton Vieira. O encontro resultou na indicação de uma emenda parlamentar no valor de R$ 2 milhões que serão utilizados para a pavimentação de cerca de 1 km da Avenida Rubens Mazieiro, antiga estrada do Taquaral.

A via recebeu obras do PAC 2, mas o projeto não previa o asfalto até a estrada Índio Tibiriçá. “Não faz sentido investir na região, pavimentar várias ruas e deixar um trecho sem asfalto, justamente o trecho que liga até a rodovia”, contou o prefeito Saulo. Estão sendo concluídos os trabalhos de pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais, passeios públicos e sinalização viária em diversas ruas nos bairros Jardim Sol Nascente e Jardim Bandeirante.

Entre as vias do Jardim Sol Nascente contempladas estão Jordão de Moraes, Polvo, Garoupa, Dos Peixes, Estrela do Mar, Sereia, Bagre, Golfinho, Dos Pescadores e um trecho de 100 metros da Estrada do Taquaral. As obras estão em fase final de execução. Entre as vias do Jardim Bandeirantes contempladas estão: Rua Leopoldina, Rua Navajás, Rua Tupiniquins, Rua Jangada, Rua Fartura, Rua Italaia, Rua Lambari, Rua Jericó, Rua Viçosa e Rua Japira.

Com leilão de áreas Ribeirão projeta CEU e Centro de Artes e Esportes

Projeto de Lei aprovado pela Câmara prevê licitação para alienar 17 bens imóveis abandonados e invadidos e arrecadação pode chegar a R$ 3 milhões

A Câmara Municipal aprovou projeto do Executivo que autoriza a Prefeitura a alienar bens imóveis de propriedade pública, mediante licitação, na modalidade concorrência pública. As 17 áreas foram avaliadas pela Comissão Permanente de Avaliações e juntas somam valor estimado de R$ 3 milhões.

De acordo com o projeto, os imóveis não possuem destinação específica, sendo, portanto desnecessários ao Poder Público. “Temos situações de abandono e invasão por exemplo cujo estudo apontou que a alienação trará benesses a administração, sobretudo em sua capacidade de investir”, afirmou o prefeito Saulo Benevides. Além disso, haverá reforço na arrecadação municipal. A proposta atende os termos do inciso I do artigo 66, da Lei Orgânica do Município da Estância Turística de Ribeirão Pires.

“É importante frisar que, com o valor arrecadado, o objetivo é a aquisição dos imóveis para construção do CEU (Centro Educacional Unificado), no Parque Aliança, e a quitação de um terreno na Quarta Divisão, onde está sendo construído o Centro de Artes e Esportes Unificado”, contou o prefeito. O espaço, de 3 mil metros quadrados,  contará com salas, biblioteca, telecentro, Centro de Referência de Assistência Social (Cras), cineteatro/auditório com 60 lugares, quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground e pista de caminhada.

Outro fator positivo apontado pela administração é a valorização da região e viabilidade de crescimento. Com o leilão, o particular passa a ser o proprietário e no local haverá o crescimento através de um comércio, de uma empresa ou até mesmo de uma residência. O projeto estabelece que os bens imóveis serão adquiridos no estado que se encontram, ficando sob responsabilidade do adquirente todos os eventuais ônus para imissão de posse.

Ribeirão Pires amplia benefícios para Guardas Civis Municipais

A partir deste mês, membros da GCM da Estância receberão 20% de adicional de periculosidade sobre o salário-base

A Prefeitura de Ribeirão Pires dobrou o percentual do adicional de periculosidade concedido aos Guardas Civis Municipais. O benefício subiu para 20% e incidirá sobre o salário-base dos GCMs. O reajuste do adicional de periculosidade será pago mensalmente a partir de setembro, com data retroativa a 1º de agosto deste ano.

“Estamos buscando melhorias para a Guarda Civil Municipal, desde a valorização profissional de seus membros, que incluem questões salariais, até a ampliação e modernização da estrutura de trabalho de nossos guardas”, declarou o prefeito da Estância, Saulo Benevides. “Tínhamos este compromisso com a categoria e cumprimos”.

A mudança foi proposta pelo Executivo e aprovada pela Câmara Municipal no dia 10 de setembro. Desde 2005, os membros da corporação recebiam 10% do adicional.

Saulo amplia rede de creches e criará mais 1.074 vagas

Vagas atendem crianças da Educação Infantil em período integral, suprindo com sobra a demanda atual de 384 vagas

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires está trabalhando para ampliar a oferta de vagas na rede municipal de ensino. De acordo com o prefeito Saulo Benevides, o município irá ampliar a rede, o que possibilitará a criação de mais 1.074 vagas, numero suficiente para atender com sobra a demanda de hoje, cerca de 400 vagas.

Para tanto a Prefeitura utiliza verbas do Tesouro e da União. Em julho, Saulo, acompanhado da Secretária de Educação, Inclusão e Tecnologia, Leonice Moura, estiveram no Palácio dos Bandeirantes, onde assinaram carta de intenção de convênio com o Governo Estadual para manter o Programa Creche Escola no período 2013/2014. O objetivo é a construção de duas novas unidades.

Além das solicitadas, já está em processo de licitação à construção de outra unidade, que ficará localizada em Ouro Fino Paulista, na região do Jardim Sol Nascente. Essa também será uma creche adquirida pelo programa Creche Escola. Além de beneficiar os pais que trabalham, essa é uma forma de garantir o acesso dessas crianças à educação na cidade, pois a educação começa já na Educação Infantil, já nos primeiros meses da criança, explicaram o prefeito e a secretária.

Este não é o único convênio que a Prefeitura possui para construção de creches. Junto ao Governo Federal, com as creches do Programa Pró Infância, uma unidade já está sendo finalizada no Jardim Caçula e será entregue até o fim deste ano. Outras duas passarão por análise até outubro, para construção no Jardim Rancho Alegre – em Ouro Fino – e no Parque Aliança. “Estamos trabalhando muito nesta área, pois sabemos da importância de uma mãe trabalhar e ter a certeza de deixar seu filho em um local seguro, com profissionais capacitados, alimentado e aprendendo”, disse Saulo.

A administração também já se reuniu com a nova diretoria da Associação de Bairro dos Moradores da Estância Noblesse para definir onde será construída a nova creche da cidade, por meio do Programa Creche Escola. A unidade será instalada em terreno da Prefeitura que havia sido cedido para que a Associação construísse sede. Com a possibilidade da construção de uma creche no local, a Associação fez a devolutiva do terreno ao município.

Também está em processo de licitação, com recursos do município, a construção de outra creche no Jardim Nossa Senhora de Fátima, além de reformas e ampliações nas unidades da 4ª Divisão, no Centro Alto, no Jardim Serrano e no antigo prédio da FISK.

Moradores do Jardim Aprazível aprovam investimentos em infraestrutura
Pavimentação asfáltica de oito ruas traz conforto, segurança e progresso ao bairro

A Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Obras, está executando serviços de pavimentação em cinco vias no Jardim Aprazível. Com investimento na ordem de R$ 924 mil, a intervenção contempla as ruas Andaraí, Estrela, Javaré, Arizona e Canindé.

Esta obra soma-se a outras três vias já asfaltadas. Já foram concluídos os serviços na Avenida Komoto Tadashi, na Rua Coroados e na Rua Javaré (trecho). O investimento foi de R$ 900 mil. “Levar infraestrutura urbana é um dos compromissos que temos com a nossa população. Aos poucos vamos atendendo as solicitações dos munícipes”, disse o prefeito Saulo Benevides.

O comerciante Lucas Henrique Alves José, 23 anos, colhe os frutos do investimento em infraestrutura na Avenida Komoto Tadashi. “Quando chovia, os clientes não conseguiam nem entrar no mercado. E também não dávamos conta de limpar as gôndolas por conta do pó. Acredito que o asfaltamento das vias acabe atraindo mais comércios para cá”, diz esperançoso.

Morador da Rua Coroados há 25 anos, o almoxarife Rogério Eustáquio de Jesus, 25 anos, relatou que as caminhadas na via, mesmo íngreme, tornaram-se mais fáceis. “Antes tínhamos problema com a poeira que invadia a casa. Era normal os carros atolarem em dias de chuva. Agora podemos circular normalmente sem problemas”, explicou.

Mais investimentos em Ouro Fino

Importante via de Ouro Fino Paulista, a Estrada do Soma recebeu diversas melhorias. A Prefeitura está executando limpeza de guias e retirada de entulhos em toda a extensão da Ferradura do Soma e ruas adjacentes.

Por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Ouro Fino, trabalha com diversas ações no bairro. Desde o início do mês até a última terça-feira, dia 13, mais de 70 ações foram executadas pela regional.

Retirada de mato, galhos de árvores, fixação de boca de bueiro e reparos em ruas com cascalho são exemplos serviços prestados pela Secretaria de Desenvolvimento Regional de Ouro Fino. “Temos um cronograma com mais melhorias programadas para o bairro em todas as regiões, seguindo determinação do prefeito Saulo Benevides. Dependemos do bom tempo para determinadas ações, mas continuamos trabalhando para beneficiar os moradores do nosso bairro”, afirmou o secretário Julio Maria de Lima.

A regional atual com manutenções preventivas e corretivas, seguindo planejamento da pasta. Muitas das atividades da secretaria partem de sugestões dos próprios munícipes, que entram em contato pelo telefone (11) 4822-2062 ou pessoalmente.

Compartilhe