Gestão da OSSPUB atinge estabilidade após decisão de assembleia de associados

Finalmente uma crise administrativa na OSSPUB (Organização Social de Saúde Pública – responsável pela gestão de alguns setores da Saúde Municipal, dentre eles as Casas Terapêuticas, o PSF e o Hospital São Lucas) chegou ao fim. Na manhã da última segunda-feira, uma assembleia foi convocada para que se fizesse uma votação quanto à permanência do atual presidente, Edison Dias Júnior, na direção da entidade. Desde outubro, Edison sofria certa perseguição por parte de seu antigo sócio, Olavo Tarricone Filho, que exigiu a cassação de Edison e sua destituição como presidente.

Assembleia foi favorável à permanência do presidente Edison Dias Júnior na gestão da OSSPUB

Com o caso na Justiça a briga chegou a refletir no atendimento ao público. Após uma manobra, Tarricone conseguiu afastar Edison por algumas semanas (entre 24 de outubro e 18 de novembro), período em que a qualidade do atendimento no Hospital São Lucas caiu drasticamente. Após reassumir, Edison preparou relatórios financeiros para entregar à Prefeitura e conseguir o repasse de verbas necessárias para quitar as dívidas da instituição, em especial a folha de pagamento dos diferentes setores. Até a tarde de ontem, a Prefeitura ainda retinha R$ 4 milhões que estão para ser liberados para a OSSPUB.

Durante a assembleia, 70 associados foram convidados a votar entre os nomes de Edison e Olavo. Ao perceber que a maioria dos presentes era favorável a permanecia do administrador, Olavo e algumas pessoas ligadas a ele forjaram uma situação negando-se a entrar na sede da entidade para participar da votação. Segundo Olavo, ao ingressar no ressinto, ele poderia por sua integridade física em risco. Apesar da afirmação, duas viaturas da PM estavam de prontidão para garantir a segurança dos presentes.

Dias ressaltou a transparência com que foi realizado o processo e agradeceu os participantes. “Vocês (associados) decidiram pela minha permanência. Somos um grupo unido e vamos cuidar da Saúde desta cidade com todo o carinho e com muito profissionalismo. Obrigado pelo apoio de todos”, anunciou após a contagem dos votos.

Com a vitória, Edison poderá aplicar seu planejamento de gestão da OSSPUB como vinha fazendo. No período de apenas três meses, Dias Jr. foi responsável pela drástica diminuição de reclamações na Saúde (caindo de 75% para apenas 32%) e pelo aumento na qualidade de atendimento e outros serviços realizados no Hospital São Lucas. Uma ata da sessão de votação da assembleia foi encaminhada ao fórum de Santos, onde Dias tem um processo aberto por Tarricone, o documento poderá extinguir o processo, deixando a presidência da Organização Social em uma situação estável.

Compartilhe