Falta de autorização pode atrasar entrega do Rodoanel

A SPMar empresa que administra as obras do Trecho Leste do Rodoanel Mario Covas que irá passar por Ribeirão, está enfrentando mais um problema. Como noticiamos na edição 597 do Jornal Mais Notícias a construção da enfilagem está sendo construída apenas de um lado, já que o trecho que esta sendo construído pertence a CPTM e a MRS.

Será construído um túnel por baixo da linha férrea com o processo chamado enfilagem, mas a SPMar já há algumas semanas tem autorização para fazer a intervenção em apenas metade do terreno, no lado que pertence à CPTM. Ainda falta a aprovação MRS, dona da outra metade. A demora pode comprometer a entrega da obra.

“O prazo segue com o prazo de conclusão para o primeiro semestre de 2014, porém caso a liberação para entrada na área não seja realizada até o final desta semana, será necessária a postergação do prazo para a conclusão das obras. Cada dia de atraso nas aprovações dos projetos para execução da obra resultará em menos dias para realizar a construção”, informou a SPMar.

A empresa ressalta que “da assinatura do contrato até a previsão de conclusão, o trecho Leste deverá ser entregue com a metade do prazo, considerando todos os serviços de licenças ambientais, desapropriações e obras, em comparação a outras obras dessa dimensão que costumam levar em media 70 meses entre o tempo de licenciamento e execução.

A MRS se isentou de culpa: “As informações que pedimos para a SPMar foram enviadas com atraso, mas estão sendo tratadas dentro do prazo acordado. Não havendo novas informações da parceira, esta terceira e última autorização será concedida ainda esta semana, conforme acertado, portanto não há fundamento no argumento que relaciona eventuais mudanças nos cronogramas das obras a dificuldades de aprovação junto à MRS. A SPMar está ciente dos prazos e está sendo informada a respeito”.

Compartilhe