Exposição reúne 357 trabalhos pedagógicos para estimular consumo consciente de energia

A Secretaria de Educação e Inclusão, em parceria com a AES Eletropaulo, realizou no último dia 23, a exposição de 357 trabalhos desenvolvidos em 22 escolas de Ribeirão Pires, voltados para a conscientização do consumo e economia de energia. Ao todo, cerca de 2.000 crianças participaram do projeto.

Ao todo, cerca de 2.000 crianças participaram do projeto

Da rede municipal, 21 escolas apresentaram trabalho. Foram maquetes, cartazes, informativos e outras ações para conscientizar os pais, professores e alunos que estiveram presentes na exposição, que aconteceu durante todo o dia de hoje, no Espaço Multicultural de Ribeirão Pires.

“Este é o segundo ano de parceria com a AES Eletropaulo, por isso ganhamos mais força com essa continuidade do trabalho, sendo difundido entre os alunos e os pais”, afirmou a Secretária de Educação e Inclusão, Rosi Ribeiro de Marco.

Projeto estimula resgate familiar

Durante a elaboração das propostas das escolas para o projeto, as professoras e a coordenação da Escola Municipal Professora Mabel Cunha decidiram apostar no resgate de histórias para, além de estimular o consumo reduzido de energia, estreitar o relacionamento entre pais e filhos.

Para isso, foi criado um caderno onde os pais puderam expor histórias interessantes relacionadas à rede de energia elétrica, exemplificando com desenhos, fotos e palavras qual a importância desse bem para a história familiar de cada um.

“Com a criação do caderno de memórias, rompemos a barreira do tempo, pois os pais puderam falar da infância, escreveram sobre coisas que as crianças só vieram descobrir agora”, contou a coordenadora da escola, Zilda Cristina Alves, que acompanhou toda a criação do projeto.

No caderno é possível encontrar relatos interessantes, como casos de quando chegou energia elétrica na comunidade onde o pai morou na infância, ou até mesmo um caso específico onde o pai mostrou, por desenhos, os danos causados por uma fiação feita de forma irregular, representando isso em imagens de um incêndio.

Compartilhe