Estado libera verba e teleférico começa a sair do papel

Saulo Benevides e o Secretário de Turismo do Estado, Claudio Valverde

Nesta quarta-feira, dia 13, o prefeito da Estância Turística de Ribeirão Pires, Saulo Benevides, e o Secretário de Turismo do Estado, Claudio Valverde, assinaram convênio para a transferência de recursos destinados à elaboração de projeto executivo do Teleférico – Cidade Encantada. O município receberá R$ 990 mil neste primeiro momento, para iniciar o processo de implantação do novo atrativo turístico da cidade.

Com a celebração do convênio, por meio do DADE – Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias – a Prefeitura receberá o recurso em duas parcelas. A primeira delas, de R$ 350 mil, será destinada para a realização de estudos de viabilidade técnica do teleférico e de parque temático que compõem o projeto. A segunda parcela, de R$ 640 mil, será utilizada para a realização de conjunto de projetos executivos, como estudos de solo, eletromecânico, entre outros.

“A partir da elaboração do projeto executivo, teremos em mãos todas as informações necessárias para pleitear, nos próximos anos, recursos para as próximas etapas de implantação do teleférico, que ligará a região central da cidade ao Parque Municipal Milton Marinho, que também receberá investimentos para o receptivo de turistas e moradores da cidade”, explicou o prefeito da Estância, Saulo Benevides.

Ainda neste ano, o Dade e a Prefeitura deverão assinar convênio para a liberação de mais R$ 3,4 milhões, que serão destinados à implantação do Teleférico. O projeto apresentado pelo município, aprovado pelo Estado, prevê trajeto de aproximadamente 2 km, com três estações, conectando o Complexo Ayrton Senna à Igreja de Santo Antônio e ao Parque Milton Marinho de Moraes.

Compartilhe