Dia 30 de setembro, o dia da secretária

Elas são simpáticas, embelezam o ambiente, são organizadas e estão sempre a disposição. Difícil imaginar o mundo sem elas resolvendo problemas e mesmo assim impecáveis. É pelo importante papel social que no dia 30 de setembro é comemorado o “Dia da Secretária”. Nesta data nasceu Lilian Sholes, filha de Christopher Sholes, inventor da máquina de escrever. Ela foi à primeira mulher a usar a invenção, se tornou um símbolo do secretariado e por conta disso é lembrada em todo mundo.

 

Deise Caroline, Priscila Ferreira (coordenadora da unidade), Samantha Estevan e Rosangela Kaydasi

Aqui em Ribeirão Pires, na Clínica Santamália, três mulheres cumprem esta importante função: Rosangela Kaydasi, Deise Caroline e Samantha Martinez. Juntas elas cuidam de todo atendimento, da parte burocrática do escritório e garantem que o trabalho é bastante puxado. “Somos nós que resolvemos tudo, todos os problemas com pacientes, médicos e do funcionamento da unidade”, explica Samantha. A colega de trabalho concorda “Somos importantes porque somos a linha de frente da empresa”, diz Deise que também conta que ser secretária de uma clinica é delicado por você às vezes se envolver com o problema das pessoas. Recentemente um paciente chegou à recepção muito debilitado, foi ela que preparou os papeis e deu entrada para a internação hospitalar dele. No dia seguinte, Deise viu a esposa do paciente na clínica e foi perguntar sobre o estado dele. “Ela veio chorando, me abraçou e contou que marido havia falecido. Impossível não se sensibilizar”, conta.

 

As três também afirmam que a profissão não permite que elas se chateiem. Rosangela explica que precisa sempre atender o público com carinho e que boa parte das pessoas é sem educação. “Nós aqui somos mais valorizadas pelos chefes do que pelo público. Quando alguém me trata de maneira grosseira, eu respiro e continuo meu trabalho com sorriso nos lábios, até já me apelidaram de Miss Simpatia”. A colega Deise diz que respeita muito os pacientes e que nunca bate boca com eles, sempre tenta mostrar sua função e se impor com respeito.

 

Sobre o “Dia da Secretária”, elas acreditam que é praticamente ignorado, Samantha admite que nem sabia da existência da data e Deise diz que todas merecem ser homenageadas neste dia. “Deveriam comemorar mais, nada anda sem a gente”, finaliza Rosangela.

 

Compartilhe