Desvendando a Próstata

A próstata é uma glândula do tamanho de uma noz que só os homens têm. Ela produz um líquido que compõe o sêmen, nutrindo e protegendo os espermatozóides. Fica localizada logo abaixo da bexiga e na frente do reto. A uretra é o canal que transporta a urina e passa através da próstata.

Visitas regulares ao médico são fundamentais para a prevenção do câncer de próstata

Os hormônios masculinos fazem com que a próstata vá crescendo à medida que o menino se torne adulto. Frequentemente nos homens mais velhos, a próstata cresce continuamente adquirindo dimensões muito aumentadas, geralmente em torno da uretra, estrangulando-a e causando retenção urinária (“urina presa”). É a Hiperplasia Prostática Benigna.

Outra doença benigna da próstata é a Prostatite, inflamação da glândula por motivos diversos que causa “inchaço” na próstata e dificulta a micção, entre outros sintomas.

O câncer da próstata é um tumor que acomete, geralmente, homens com mais de 50 anos. Este ano, cerca de 47 mil brasileiros receberão este diagnóstico.

No Brasil, o câncer de próstata é a 2ª causa mais frequente de morte por câncer em homens, perdendo apenas para o câncer de pulmão.

A biópsia é o único procedimento capaz de confirmar a presença de um câncer e na maioria das vezes é realizada com auxílio do ultrassom da próstata por via transretal para guiar o médico e identificar o local de onde será retirado material para análise. A biópsia é realizada com uma agulha.

O câncer de próstata em estágios iniciais não costuma apresentar sintomas. Dificuldade ao urinar, urinar com frequência ou urinar um pouco de cada vez podem ser sintomas relacionados à doença maligna, porém, são também frequentemente encontrados na doença benigna. Outros sintomas relacionados ao câncer são: presença de sangue na urina ou sêmen, dor ou ardor ao urinar e ejaculação dolorosa.

A doença pode ser diagnosticada precocemente, levando a um tratamento mais eficaz e reduzindo a mortalidade através do exame de sangue para avaliar os níveis de PSA (do inglês prostate-specific antigen ou antígeno prostático específico) e através do toque retal, onde o médico avalia se há nódulos ou tecidos endurecidos ao redor da próstata. A Ultrassonografia é utilizada para medir as dimensões da próstata.

É bom lembrar que esses exames não são 100% precisos e que a realização de novos testes vai depender de vários fatores que seu médico irá avaliar.

A recomendação é que homens saudáveis sem sintomas façam exames anuais de PSA e toque retal a partir dos 50 anos e homens com risco maior (aqueles que tiveram parentes com câncer de próstata ainda jovens) comecem com 40 anos.

Dr. Valberto Fusari Jr.

Médico Ultrassonografista

Proprietário do Fusari Centro Diagnóstico por Imagem

CRM 109.792

Compartilhe