logo
Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015

Cantinho Criare inova com acompanhamento ao vivo de alunos pela Internet

A Escola de Educação Infantil Cantinho Criare, em parceria com a empresa Pátio Virtual, traz uma ideia inovadora em tecnologia para Ribeirão Pires. Agora, pais e responsáveis poderão acompanhar em tempo real, via internet, o dia a dia dos alunos.

Câmeras e sistema virtual permitem acompanhar também o tratamento oferecido pela escola, em tempo real via internet

Com apenas um clique, de qualquer lugar do mundo, será possível ver, ao vivo, as brincadeiras e atividades pedagógicas das crianças.

O sistema é inédito na cidade. Através de um site, o pai ou responsável, mediante uma senha pessoal, acompanha imagens em tempo real do berçário, playground e outros ambientes do núcleo infantil. O Cantinho Criare possui atualmente oito câmeras e outras oito serão instaladas no espaço.

“Na frente do computador, dá tempo de matar a saudade e acompanhar o desenvolvimento, alimentação e os primeiros passos das crianças. O sistema traz o que há de mais moderno em tecnologia, administrado pela empresa Pátio Virtual”, explica Richard Domingues, representante comercial da empresa que já conta com  dez anos de experiência no mercado.

Vantagens – O acompanhamento em tempo real permite que pais e responsáveis confiram o desenvolvimento da criança e o tratamento oferecido pela escola. As imagens são visualizadas em um servidor seguro, para garantir que apenas os pais e as escolas tenham acesso às imagens.

O Cantinho Criare oferece a todos um acesso às instalações do colégio para conferir de perto as instalações e a novidade do sistema de acompanhamento virtual. O endereço é Rua Ovídio Abrantes, 76, Núcleo Colonial. Informações no 7133-9068 e 7841-1552 ou pelos e-mails cantinhocriare@yahoo.com.br e administrativo@patiovirtual.com.br.

Para outras informações acesse o site www.patiovirtual.com.

PéssimoRuimRegularBomÓtimo (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading ... Loading ...

Deixe um comentário


  1. Por que é importante descartar corretamente as lâmpadas fluorescentes?Você sabia que a maior parte dos resíduos sólidos tóxicos produzidos no País é construída por lâmpadas, pilhas e baterias, ou seja, por lixo eletrônico? Cerca de 100 milhões de lâmpadas fluorescentes são consumidas por ano, onde mais de 94% são descartadas em aterros sanitários, sem nenhum tipo de tratamento, contaminando assim o solo e a água com metais pesados. As lâmpadas fluorescentes entram com tudo no mercado, já que são quatro vezes mais econômicas e duram mais em relação às incandescentes. O que veio beneficiar o bolso pode se tornar um grande inimigo do meio ambiente e da nossa saúde, quando descartadas de maneira incorreta. Elas são constituídas de vidro, alumínio, pó fosfórico e mercúrio, elemento químico tóxico que pode contaminar água, solo, animais, plantas e pessoas. Em dezembro de 2010, foi sancionada a Lei Nacional dos Resíduos Sólidos que tem como proposta a pratica de hábitos de consumo sustentável e um conjunto de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem e da reutilização dos resíduos sólidos. A Estância Turística de Ribeirão Pires, preocupada com o meio ambiente e com a saúde dos seus cidadãos, é considerada uma das poucas do Grande ABC que possuí posto de reciclagem de lixo eletrônico. Localizado na Vila do Doce o posto itinerante de Coleta funciona das 9h às 16h, de segunda a sexta. No momento o trailer esta em manutenção com previsão de volta para a segunda quinzena de março. A Estância conta também com alguns mercados da região que arrecadam pilhas e baterias além da disponibilização de caminhões pela Prefeitura para a realização do serviço de coleta seletiva no centro da cidade, coletando papel, plástico, vidro e metal, todo material coletado é encaminhado para a COOPERPIRES (Cooperativa Material Reciclável de Ribeirão Pires) localizado no Parque Aliança. Neste local ocorre à manipulação e a triagem dos materiais com toda a segurança, após serem desmontados os materiais são vendidos às cooperativas parceiras especializadas em eletroeletrônicos. Até o momento não existem no município lugares apropriados que recebam as lâmpadas fluorescentes. Segundo informações da Secretaria do Meio Ambiente de Ribeirão Pires, as lâmpadas queimadas e quebradas devem ser entregues no local de sua compra ou nos seus respectivos fabricantes, que são obrigados por lei a receber-las, algumas empresas especializadas em venda de materiais para construção como as lojas C&C e Leroy Merlin trabalham com um descarte próprio em parceria com uma empresa especializada em reciclagens de lâmpadas fluorescente.
  2. Saulo garante que Minha Casa Minha Vida vai sair do papel
  3. “Orelhão em Chamas”
  4. Secretaria de Meio Ambiente realiza convenio com empresa de água
  5. Elas voltaram! Mocreias reestreia em 8 de março



  1. Laila:Só para começar. Gramática?Que nome é esse?Desconhecido, não...
  2. Flávio:É um evento gratuito e só trás para a cidade malandros, drog...
  3. Maria Rosa:Conheço umas árvores dessas , numa área rural e, segundo a c...
  4. SANDRA:Bom dia! estou confusa na ultrassom diz que estou com 18 sem...
  5. ROSANDRA:Bom dia! estou confusa na ultrassom diz que estou com 18 sem...


“O escritor não transcreve a vida, inventa a vida”

Milton Hatoum