Cancelamento do 9º Festival do Chocolate pauta Sessão da Câmara

Nesta última quarta feira, a sessão da Câmara Municipal trouxe mais que os requerimentos e projetos de lei. O cancelamento do 9º Festival do Chocolate acalorou a tribuna.

O primeiro a falar em Tema Livre foi o vereador Hercules Giarola (PR): “a decisão foi tomada após uma reunião, que apontou a inviabilidade do festival. O governo anterior deixou uma divida em torno de 48 milhões, o nosso Prefeito fez o certo em cancelar. Esse dinheiro será revertido para a saúde dos munícipes”.

Em contrapartida, o vereador Renato Foresto (PT) questionou o planejamento: “Quando um festival desta magnitude é realizado, não é feito um estudo? Meu questionamento é o porquê da demora na decisão de cancelar o Festival do Chocolate, já que se sabia sobre as dívidas”. Após ressaltar a movimentação dos últimos dias, disparou: “Isso demonstra que o governo não está preparado e mais: que o Prefeito Saulo Benevides não está sendo bem assessorado. Está provado que esse governo não tem comprometimento”.

Já o vereador Banha (PDT) mostrou apoio à gestão: “Saulo Benevides ficou entre a espada e a cruz, para tomar sua decisão. Não foi fácil. Em janeiro, ele já tinha percebido a inviabilidade do festival, queria ter cancelado desde o começo do ano. Defendo que não foi falta de planejamento e ele foi muito homem em tomar essa decisão. Muitos irão falar mal dele, mas a realidade é que seu trabalho é voltado para as pessoas, principalmente as menos favorecidas. Eu acredito em seu governo e estou do seu lado”.

Também foi esclarecido aos presentes que a Prefeitura não terá gastos com o cancelamento, e que no ano que vem o festival será realizado.

Compartilhe