Câmara aprova revogação de concessão de terrenos

Durante a sessão da Câmara ocorrida ontem, os vereadores de Ribeirão Pires aprovaram projetos do Executivo que cancelam duas concessões de áreas. Os terrenos agora voltam para posse da Prefeitura, que poderá dar nova destinação para as áreas.

Vereadores aprovaram revogação por unanimidade

Vereadores aprovaram revogação por unanimidade

Um dos terrenos havia sido concedido em 1996 pelo prefeito da época, Valdírio Prisco (PMDB). A área fica no bairro Pouso Alegre, em Ouro Fino, e foi destinada para a Associação Irmã-Dade e destinava-se a construção de um prédio para atendimento de comunidade carente. O prefeito atual, Adler Kiko Teixeira (PSB) justificou a revogação dizendo que o prazo do termo de concessão expirou em 12 de setembro do ano passado “não tendo recebido qualquer construção e, ainda, a Associação não demonstrou interesse na área”.

O segundo terreno, de mais de 3 mil metros quadrados, foi concedido à Sabesp em 1993. Na época, a concessionária propôs a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto. A empresa deveria ter iniciado as obras até maio de 1995, o que não aconteceu. Após 20 anos, a Sabesp manifestou não ter mais interesse na área.

A Prefeitura ainda não revelou qual destinação dará para as áreas.

Compartilhe