Câmara aprova criação de novo gabinete

Na última sessão desta quarta-feira, dentre os projetos de lei e requerimentos que a casa apresentou estavam à criação do GGI-M (Gabinete de Gestão Integrada Municipal) e a solicitação para que o município coordene o serviço prestado pelo SAMU (Atendimento Móvel de Urgência).

O projeto de Lei sobre a criação do GGI-M (Gabinete de Gestão Integrada Municipal) está vinculado a Secretária de Governo. Sendo desenvolvido pelo Ministério da Justiça, promove ações sociais e segurança pública, o PRONASCI (Programa Nacional de Segurança Pública com a Cidadania) marca essa iniciativa contra a violência.

Segundo o presidente da Câmara Municipal o vereador Edson Savietto (PDT), o Banha a participação do município será de grande importância, pois, tem como objetivo enfrentar a criminalidade. O vereador também fez questão de explicar a iniciativa, “o gabinete deve ser criado como forma de administrar as autoridades de segurança pública e municipal”.

Sobre o SAMU (Atendimento Móvel de Urgência), os vereadores questionam os motivos para Mauá coordenar o serviço prestado em Ribeirão Pires. O vereador José Maria Adriano (PMDB) demonstrou sua preocupação com o atendimento prestado, “não me conformo, que Mauá seja o responsável pelo atendimento em nossa cidade. Além da demora em atender as chamadas, o tempo não é hábil para chegar aos locais das ocorrências, a preocupação que mortes acontecem e inevitável. Não tem como aceitar a atitude do antigo Prefeito, que centralizou esse serviço em outro município, realmente não dá para entender”.

Compartilhe