Bloco da Saúde conscientizará sobre prevenção às DSTs em Ribeirão

A prevenção às doenças sexualmente transmissíveis dará o tom do Carnaval em Ribeirão Pires nesta sexta-feira, dia 1º de fevereiro. O já tradicional Bloco da Saúde desfilará pelas principais ruas do centro da cidade, levando informações aos moradores sobre a importância de prevenir as DSTs e também a gravidez indesejada.

Folhetos informativos e preservativos serão distribuídos aos foliões.

Marchinhas temáticas sobre a importância da prevenção farão parte do repertório do Bloco, que é formado por profissionais da Secretaria de Saúde e Higiene e colaboradores. O trio elétrico partirá às 17h30 da Praça Central e passará por vias como Rua do Comércio, Felício Laurito, João Domingues de Oliveira, Boa Vista e Miguel Prisco.

“O principal objetivo da ação é estimular o uso do preservativo e a realização do diagnóstico de HIV, sífilis e hepatites. Usar camisinha deve ser um hábito entre todos, principalmente a população jovem, lembrando que AIDS não tem cura”, explica a responsável pelo Programa DST/AIDS/Hepatites Virais do município, Nanci Garrido Butin.

Dados do Ministério da Saúde indicam que nos últimos anos o uso da camisinha está caindo em todas as faixas etárias, inclusive nas relações casuais. “Apesar do elevado conhecimento da população sobre o preservativo como o método mais eficaz para a prevenção ao HIV e outras doenças, os dados indicam que, depois da primeira relação sexual, o uso da camisinha cai. O desafio é fazer com que as pessoas adotem esse

hábito, até mesmo nas relações estáveis”, opina Nanci.

Serviços gratuitos – O serviço de prevenção e tratamento de doenças sexualmente transmissíveis é oferecido gratuitamente pela Prefeitura no Ambulatório de Infectologia, localizado à av. Francisco Monteiro, 205, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Além disso, por meio do Programa Municipal DST/AIDS, a Secretaria Municipal de Saúde e Higiene promove durante todo o ano ações de conscientização sobre a importância do uso de preservativo em relações sexuais, orienta a população, realiza exames no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e promove o tratamento das doenças. As Unidades Básicas de Saúde e o Ambulatório de Infectologia disponibilizam gratuitamente preservativos masculinos. Além disso, os munícipes podem recorrer ao Disque DST/AIDS, pelo telefone 0800-77-31661. O serviço, também do Programa Municipal DST/AIDS, esclarece dúvidas e passa informações sobre prevenção, locais para exame e tratamento.

Compartilhe