Ainda sem data para inauguração, relógio está com forro danificado

Forro de gesso está caindo

Esta semana recebemos uma denúncia a respeito do Centro de Exposições e História Ricardo Nardelli. O munícipe informou que a torro do relógio que está localizada na Prefeitura e ainda não foi inaugurada estava com o teto desabando, o que o deixou inconformado.

Em visita ao local, o jornal Mais Notícias constatou o fato. Em resposta a Prefeitura informa “que a parte do gesso foi danificada durante as obras que ainda estão em execução no local. Os reparos serão efetuados e o fato em questão não compromete a estrutura do edifício”.

A obra, que começou em 2012, está em fase final, tendo pendentes a instalação do relógio e os últimos detalhes do acabamento. Por meio do convênio com o Departamento de Apoio ao Desenvolvimento da Estância da Secretaria de Turismo do Governo do Estado de São Paulo, a obra conta com investimento de R$ 2.183.674,66.

“Além do destaque para a torre e o relógio, o espaço comportará um salão de exposições no térreo e mezanino, duas salas para oficinas, um elevador, sanitários, fraldário e cozinha. O edifício ‘Ricardo Nardelli’ será um local para visitação do acervo histórico do município, administrado pelo Museu Municipal ‘Família Pires’. São objetos, fotos, documentos, pinturas, obras de arte, que ficarão a disposição dos munícipes par visitação e pesquisas. Além disso, abrigará exposições itinerantes de artistas convidados ou sob agendamento (a ser realizado junto a administração do local)”, relatou a Prefeitura.

Compartilhe