SPMar adia entrega do Rodoanel

A concessionária SPMar, administradora dos trechos Sul e Leste do Rodoanel, anunciou, nesta semana que as obras que estavam agendadas para serem finalizadas em março, sofrerão uma prorrogação. Com isso, a entrega irá acontecer somente a partir do mês de junho. “Iniciadas em agosto de 2011, as obras do Trecho Leste seguem em ritmo acelerado para entrega total incluindo o trecho entre as rodovias Ayrton Senna e Presidente Dutra até o próximo mês de junho”, informou a SPMar em comunicado. Ou seja: os primeiros 80% da estrada, entre Mauá e a Rodovia Ayrton Senna, com 37 quilômetros serão entregues primeiro. Os outros sete quilômetros, que vão até a Dutra, ficarão para depois.

Encontro entre os trechos Sul e Leste do Rodoanel

Encontro entre os trechos Sul e Leste do Rodoanel

A empresa afirma que o atraso se deu por conta de alguns trâmites ambientais que não estavam previstos no projeto. “A concessionária está focada e mobilizada para entregar o Trecho Leste do Rodoanel nos próximos meses. Mesmo com os longos prazos para a emissão das licenças ambientais e os volumes de obras executados superiores ao previsto em Edital (até em função da variação geológica encontrada que era diferente do projeto licitado), o Trecho Leste será entregue num prazo menor do que o previsto inicialmente em edital”, explicou a concessionária.

Além disso, o processo de enfilagem que está sendo feito no trecho que passa sob a linha ferroviária também contribuiu para a demora no processo. “Nesse tipo de intervenção toda movimentação ocorre de forma cuidadosa por baixo da terra, que é retirada na parte final do processo, deixando visível a obra executada”.

A alça de acesso a Ribeirão Pires ainda está indefinida. Nas últimas semanas foi noticiado em um jornal da região que a alça de acesso ao Rodoanel em Ribeirão não seria mais realizada. Questionada sobre o assunto, a concessionária informou que a alça de acesso na divisa entre Suzano e Ribeirão Pires, que ligará a Estrada dos Fernandes e a Rodovia Índio Tibiriçá ao trecho leste está em fase de aprovação. “Os viadutos do eixo do Rodoanel necessários para o trevo já estão quase finalizados, enquanto que as alças de acesso e interligação com a Estrada do Fernandes aguardam autorização da Artesp”. A Artesp, a Agência Reguladores de Transporte do Estado de São Paulo, por sua vez, endossou as informações, detalhando que o novo acesso será na altura do quilômetro 104,6 do (em Suzano da divisa com Ribeirão Pires)”.

O Trecho Leste deve receber cerca de 48 mil veículos por dia quando iniciar a operação plena, cortando os municípios de Arujá, Itaquaquecetuba, Mauá, Poá, Ribeirão Pires e Suzano. Estima-se que entre 60% e 70% do fluxo seja de veículos pesados.

Compartilhe