Vereadores aprovam revogação de uso da Antiga Rodoviária

Uma ação surpresa tomada pelos vereadores durante a sessão da Câmara desta última terça-feira resultou na aprovação de um polêmico projeto do Executivo que revoga a concessão do uso do espaço da “Antiga Rodoviária”. A matéria, que havia sido adiada para novembro, foi acrescentada na Ordem do Dia e com exceção de apenas dois vereadores que se mantiveram contrários a aprovação (Saulo Benevides e Koiti Takaki), o projeto foi aprovado pelos demais. Com a aprovação, a Prefeitura volta a ter o direito de usar o espaço.

Segundo explicações do presidente da Casa, Gerson Constantino (PSD), o pedido de adiamento havia sido proposto para que se discutisse alguns assuntos jurídicos que poderiam ser impactados com a aprovação do projeto. “A advogada nos atendeu prontamente e esclareceu as dúvidas, como não havia mais razão para manter o adiamento, a matéria entrou para votação”, comentou o vereador. Dessa forma, conforme explicado por Gerson, a Câmara deixaria de ser um imbróglio em qualquer ação judicial envolvendo as partes interessadas pelo espaço.

Segundo informações de uma fonte que prefere não se identificar, atualmente há uma conversa em fase adiantada de que o espaço seja cedido para a franquia de fast-food Habibs, desde que esta aceite a exigência de fazer a arborização e manutenção da mesma na área ao redor da antiga rodoviária.

O vereador Saulo Benevides (PMDB), contrário à medida, acredita na necessidade de se manter o projeto do shopping. “Voto contrário por entender que a construção do shopping é aguardada pela população e que esse assunto deveria ser melhor discutido”, complementou.

Compartilhe