Última sessão da Câmara visa benefícios a servidores

Os funcionários públicos de Ribeirão Pires receberam uma bela surpresa durante a última sessão ordinária da Câmara Municipal de Ribeirão Pires. Um requerimento do vereador Gerson Constantino (PSD), solicita alteração no Estatuto do Funcionalismo, concedendo ao servidor o chamado “quinquênio”, ou seja, um pagamento adicional de 5% sobre os vencimentos a cada cinco anos de serviço, concedidos automaticamente ao servidor.

Vereadores aprovaram o Orçamento 2012 por unanimidade e sem emendas

Gerson disse que a recente reforma no estatuto omitiu o benefício e seu requerimento visa implantar o pagamento. “Esse benefício foi extinto em 1997. Ribeirão Pires é uma das poucas cidades que não paga o aditamento e como o município tem mostrado acréscimos em arrecadação, vejo ser justo pagar a bonificação”, explicou Gerson.

Além do requerimento, os vereadores aprovaram todos os itens da Ordem do Dia (todas as matéria em segunda discussão), por unanimidade, inclusive o Orçamento Municipal 2012 sem emendas. “O orçamento foi votado mais uma vez nessa Casa sem emendas, mostrando que confiamos nos técnicos do Governo. Esse é o mais importante projeto do ano”, ressaltou o vereador Saulo Benevides (PMDB).

Saulo fez questão de expor que o novo orçamento cresceu 25% comparado com o ano anterior. O vereador fez um apelo: “A Saúde receberá R$ 59 milhões. Peço aos administradores desse recurso que realizem um bom trabalho. Precisamos dar um atendimento com dignidade, investimento com responsabilidade e a transparência quanto à prestação de contas”.

Os vereadores também aprovaram alguns projetos de emergência que concediam o título de cidadão ribeirãopirense para José Bezerra da Costa, Vanda Freire da Costa, Temístocles Cardoso Cristofaro (secretário municipal) e Vanessa Damo (deputada estadual).

Compartilhe