Título sul-americano de Servílio de Oliveira completa 47 anos

Primeiro medalhista olímpico do boxe brasileiro, em 1968, no México e um dos grandes nomes do esporte, Servílio de Oliveira tem mais uma data a comemorar. No último dia 18 de dezembro, o ex-pugilista celebrou os 47 anos de seu título no Campeonato Sul-americano de 1970 (peso Mosca) em Guayaquil, Equador.

Servílio foi o primeiro medalhista olímpico brasileiro da modalidade

A vitória aconteceu no sétimo assalto por nocaute. O adversário foi Ángel “Petiso” Sánchez, pugilista local. Com o resultado, jornais locais estamparam diversos elogios ao brasileiro, como do jornal El Universo, que destacou a “direita potente” de Servílio, que levou o equatoriano ao chão. O periódico completou dizendo que “a potência física” do tupiniquim foi o fator determinante para a conquista.

Jornal da época exalta conquista do pugilista

“Foi um dos momentos mais importantes da minha vida”, afirmou Servílio ao Mais Notícias. Ele também contou o que representa para eles chegar a 47 anos da conquista. “É momento de muitas lembranças positivas e negativas. Por exemplo: Na época, o fato de não aceitar convites para morar e desenvolver a carreira de atleta profissional fora do País. Penso que, se tivesse aceito qualquer um dos convites, fatalmente eu seria campeão mundial por conta da experiência e do profissionalismo dos ‘managers’.”

Compartilhe