Sousa assume vaga de Rubão em sessão marcada por discussões

A segunda sessão ordinária da Câmara Municipal de Ribeirão Pires começou com novidades. O atual secretário de Trânsito da cidade, Rubens Almeida Sousa, o Sousa do Proerd (PMDB) assumiu a vaga aberta com o afastamento de seu xará, Rubens Fernandes, o vereador Rubão (mesmo partido), licenciado dos trabalhos legislativos para cuidar de assuntos médicos. Sousa fica na Câmara até o início de março e, até lá o secretário de Governo, Koiti

O secretário de Trânsito atuará como vereador por 15 dias

Takaki, agrega à sua Pasta a função do Trânsito.

Sousa prestou juramento na Câmara antes de assumir temporariamente o posto. “Desde o início do ano tenho feito um trabalho frente à Secretaria, agora darei continuidade aqui no Legislativo”, garantiu o 5º suplente da coligação.

Após assumir sua cadeira, o novo vereador presenciou, assim como o público presente, uma sessão repleta de troca de farpas e comentários mal compreendidos. Os ânimos começaram a se exaltar já no início da sessão (que começou com 45 min. de atraso). Durante a leitura de indicações e requerimentos, a vereadora Cléo Meira sugeriu ao Executivo empenho para negociar com bancos para instalação de uma agência na Quarta Divisão. A vereadora se surpreendeu quando seu companheiro de bancada, Renato Foresto (PT) relatou o quão difícil seria negociar com a federação de bancos para cumprir a proposta. Cléo não entendeu o comentário do petista e aí o bate-boca começou.

O protocolo e o regimento interno da Casa foram quebrados em demasia já que vários edis solicitavam uso da palavra enquanto transformavam o tempo dedicado à sessão em um período de contra-argumentos.

Apesar disso, a sessão também serviu para apresentar indicações e requerimentos mais interessantes como o que solicita a demolição da arquibancada da Praça Central, solicitação para banheiros químicos para os feirantes da Avenida Brasil e a reforma dos pontos de ônibus da cidade.

Compartilhe