Sessão da Câmara aborda problemas com serviços da SABESP

Não é novidade que os munícipes têm problemas com a SABESP e, diante de tantas reclamações, a sessão da câmara realizada na última terça-feira abordou o tema em busca de respostas.

Claudionor Gabas, assessor da diretoria UGR-Billings da SABESP, responde as dúvidas dos vereadores.

Para que todos os questionamentos fossem respondidos, Claudionor Gabas, assessor da diretoria UGR-Billings estava presente. Os vereadores apresentaram suas dúvidas e questionamentos sobre o serviço prestado na cidade.

Durante a sessão, todos os vereadores apresentaram quase as mesmas perguntas. A quem o munícipe deve recorrer, a Prefeitura ou a SABESP? Porque existe a demora em prestar atendimento? Por que a falta de qualidade em acabamento é constante? Qual é o principal motivo para a péssima qualidade de serviço de empresa terceirizada: mão de obra não qualificada ou material?

O represente da diretoria de SABESP deu explicações: “Primeiro gostaria de agradecer a oportunidade de estar aqui. Hoje estou na função de responder todas as perguntas e cobranças. Deixo claro que é de responsabilidade da SABESP o reparo das vias, o mesmo é valido para as empresas terceirizadas que tem o dever de fazer o trabalho bem feito”, afirmou Gabas.

Sobre o serviço prestado pela empresa, alvo de muitas reclamações, o assessor explicou: “estamos em processo de mudança, um novo contrato já está assinado com uma empresa que já realiza trabalhos na região de Santo Amaro. Nós temos certeza que os trabalhos vão ser bem feitos. Peço a todos um voto de confiança, entre trinta a quarenta dias a nova equipe estará nas ruas”.

Ao final da sessão, foi proposto que a SABESP voltasse a Casa com os planos e metas para a cidade de Ribeirão Pires. A sessão extraordinária da Câmara será agendada para maio e será realizada a noite para que os munícipes interessados participem.

Compartilhe