Ser Mulher

É a alternância dos dias que nos move…

 O estar triste e o ser alegre!

 É a variação dos sentidos;

 É sermos gratas num instante, para no instante seguinte querermos mais…

 É nos surpreender com a força interior que temos e ao mesmo tempo nos sentir frágeis;

 É o poder que temos de gerar vidas, para depois, mais tarde, parcialmente dependermos delas…

 É conseguirmos rir num instante e chorar em seguida, e por vezes, alcançarmos as duas facetas: rir e chorar ao mesmo tempo!

 Ser mulher é:

 Ser frágil no amor;

 Forte pra dor;

 Uma leoa em defesa da sua cria;

 Insuportável durante a TPM;

 Chorosa, dengosa, sem nunca deixar de ser “valente”…

 Quer saber?

 – Tenho orgulho de ser MULHER!

Ana Soares
Poeta e escritora

 

Compartilhe