Secretaria de Trânsito realiza operações para coibir motoristas irregulares

Nesta semana, munícipes publicaram em rede social boatos de que o secretário de Transporte e Trânsito, José Adão Alves, estaria perseguindo os motoristas do aplicativo Uber. Após o episódio, o secretário-adjunto de Trânsito, Paulo Alexandre de Cerqueira, saiu em defesa do titular da Pasta e esclareceu os fatos.

Taxistas e motoristas de aplicativos vivem em conflito

Tempos atrás, alguns taxistas que possuem ponto fixo próximo ao Habib’s reclamaram que outros motoristas da categoria e os de aplicativos estariam estacionando seus veículos no local – sem autorização – durante o horário de pico e se autopromovendo para angariar mais corridas. Desta forma, os motoristas de Uber estariam burlando o próprio aplicativo, que cobra taxa em cima de cada viagem.

Ciente do assunto, a Secretaria começou então a realizar diversas operações na região para coibir tais motoristas irregulares e “devolver” o ponto de táxi para os taxistas que efetivamente trabalham no local. A última delas foi deflagrada nesta quinta-feira, segundo o adjunto.

Compartilhe