SEBRAE Móvel formaliza negócios em Ribeirão Pires

Moradores e empreendedores de Ribeirão Pires que passaram pela Vila do Doce na semana passada tiveram acesso gratuito a informações sobre formalização e abertura de negócios. Por meio de parceria com a Prefeitura, o SEBRAE Móvel disponibilizou orientações e atendimentos aos interessados no assunto.

Desde cedo, os visitantes buscam diversos tipos de informações, desde orientações sobre o EI (Empreendedor Individual), até dicas sobre quantidade de crédito necessária para expandir um negócio. Foi o caso do comerciante Alberto Menezes dos Santos. O morador da região central da cidade quer transformar o atual negócio, um bar no bairro Santo Bertoldo, em uma padaria. “Acho que o ponto onde estou é bom para o negócio. Procurei o SEBRAE para tirar as dúvidas sobre o capital que eu precisarei ter para mudar de ramo e abrir a padaria”, conta Santos, que participará de palestra indicada pelo próprio SEBRAE para saber mais sobre o assunto.

A ação facilitou formalização de negócios na cidade

Pessoas que formalizaram sua atividade recentemente e ainda estão começando um novo negócio também buscaram os serviços disponíveis na Vila do Doce e aprovaram a iniciativa. “Esse tipo de atendimento é muito bom para a população, pois facilita nossa vida”, opinou Maria Silva Ribeiro, moradora e comerciante de Ouro Fino Paulista. “Trabalho há seis meses com uma loja de doces e ainda tenho dúvidas sobre o funcionamento do Empreendedor Individual. Soube que o SEBRAE traria unidade para a cidade e aproveitei para esclarecer minhas dúvidas”, explicou Maria.

A Prefeitura também montou estrutura para receber os empreendedores e agilizar a formalização ou abertura de um negócio. Depois de serem atendidos na unidade móvel do SEBRAE, os empreendedores interessados foram encaminhados aos stands da Prefeitura, onde puderam tirar dúvidas com a equipe da SEPHAMA (Secretaria de Planejamento Urbano, Habitação, Meio Ambiente e Saneamento Básico), sobre o local e o tipo de negócio desejado de acordo com a legislação para ocupação de solo.

Profissionais da Secretaria de Finanças fizeram a inscrição dos empreendedores que ainda não estavam no Cadastro de Contribuinte Mobiliário. A ACIARP (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Ribeirão Pires) também esteve presente no local para esclarecer dúvidas e cadastrar novos associados.

Além disso, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, os empreendedores puderam tirar dúvidas sobre acesso a crédito e até mesmo sobre a Lei Cidade Limpa. “Esperamos ter ampliado o número de pessoas beneficiadas com a possibilidade de formalizar um negócio durante os dois dias em que o SEBRAE esteve na cidade. Os empreendedores que formalizam um negócio têm alguns direitos garantidos, como auxílio maternidade e aposentadoria, além de ter mais acesso a empréstimo”, pontuou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, Marcelo Menato.

Compartilhe