Rua fechada com cavaletes atrapalha moradores da Vila Nova Suissa

A Rua Guimarães Carneiro, onde fica um posto da Guarda Civil Municipal, foi interditada por conta das medidas preventivas que foram tomadas por contas dos ataques feitos por criminosos a bases policiais em junho/julho deste ano. Esta medida foi tomada por outras sedes da guarda de Ribeirão como a da Avenida Brasil e da Francisco Monteiro. Passado um tempo, as ruas foram desobstruídas e assim, a movimentação de carros passou a ser normal, exceto na Rua em questão.

Rua fechada com cavaletes atrapalha moradores da Vila Nova Suissa

Moradores das redondezas, além de funcionários e usuários do Hospital Ribeirão Pires reclamam por serem obrigados a fazer o retorno mais adiante para ter acesso a Rua José Mortari. “Eu não entendo o porquê da demora em voltar o trânsito ao normal, estou com uma reforma em andamento e a obstrução prejudica a chegada e saída de material”, explica um munícipe que prefere não se identificar.

As reclamações são muitas. Outro morador (que também prefere que seu nome não conste na matéria) disse que não vê nenhum motivo para a rua estar interditada. “Nada de importante acontece ali para a rua ficar fechada. O que eu vejo é simplesmente uma rua fechada atrapalhando a passagem”, afirma.

O Tenente Filho, da Guarda Civil Municipal, ressaltou que esta é uma medida temporária. “Estamos voltando à normalidade aos poucos, tiramos os cavaletes de uma ponta da rua e logo tiraremos da outra. A circulação voltará a ser normal em breve”, afirmou.

Compartilhe