Ribeirão terá Escola Municipal de Teatro

Foi aprovado nesta semana, em primeira discussão na Câmara Municipal, um projeto da Prefeitura referente à criação da Escola Municipal de Teatro, que será administrada pelo departamento de Cultura. Segundo dados do projeto, a escola será uma instituição de ensino pública e gratuita, mantida pela Prefeitura e destinada à formação de atores e atrizes.

O novo pólo educacional será instalado na Avenida Brasil, nº 193, Jardim Itacolomy (nas dependências do Teatro Euclides Menato) e será nomeado como Escola Municipal de Teatro Arquimedes Ribeiro. O nome trata-se de uma homenagem a um dos melhores cenotécnicos do Brasil que fixou residência em Ribeirão Pires (na Rua Aricanduva, em Ouro Fino Paulista) no final dos anos 60.

“Arquimedes Ribeiro, aos 24 anos de idade, iniciou seus trabalhos como cenotécnico no TBC – Teatro Brasileiro de Comédia. Apesar do temperamento reservado, sua excepcional capacidade para solucionar questões cenotécnicas, tidas por impossíveis, conquistou o respeito de diversos autores, entre eles Adolfho Celi e Flávio Rangel. Trabalhou para grandes nomes do teatro brasileiro como Cacilda Becker, Tônia Carrero, Fernanda Montenegro, Fernando Torres, Walmor Chagas, entre outros. Foi para o Teatro Popular do SESI, onde permaneceu por 30 anos”, noticiou o Executivo em documento enviado aos vereadores.

Compartilhe