Ribeirão Pires terá Centro Novo Dia para Idosos

A

Saulo Benevides, Sonia Garcia e Carlos Camargo durante assinatura de contrato

Carlos Camargo, Sonia Garcia e Saulo Benevides durante assinatura de contrato

Estância Turística de Ribeirão Pires receberá R$ 500 mil para a construção de um Centro Novo Dia do Idoso. A assinatura do convênio entre a Prefeitura e a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo aconteceu, na tarde desta quarta-feira (15), na sede da secretaria, em São Paulo. A contrapartida municipal será de R$ 464 mil.

O espaço de acolhimento, proteção e convivência para atendimento de idosos semidependentes terá capacidade para cuidar de até 40 pessoas, dentro do Programa São Paulo Amigo do Idoso.

“A população, não só de Ribeirão Pires, está envelhecendo e precisa que isso aconteça com qualidade de vida, tendo a chance de conviver em sociedade, independentemente da idade. Circulando pela cidade, participando de atividades culturais e se relacionando para manter a saúde física e mental”, disse o prefeito de Ribeirão Pires Saulo Benevides.

O Centro Novo Dia é um espaço de acolhimento, proteção e convivência de idosos semidependentes, com idade igual ou superior a 60 anos. A prioridade do atendimento é para aqueles cujas famílias não têm condições de dar atenção e cuidado durante o dia, pois precisam trabalhar. Ao final da tarde, o idoso volta para sua casa, sem perder os vínculos familiares. O local oferece alimentação, atividades de lazer, cultura, banheiros adaptados, área de descanso e sala de convivência com TV e DVD, enfermaria e computadores para aulas de informática.

Segundo a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social de Ribeirão Pires, Sonia Garcia, o Centro Novo Dia do Idoso deve ser construído num anexo ao Centro de Referência do Idoso (CRI), localizado na Rua Alferes Botacin, 171, no Centro Alto. “Nossa ideia é promover uma integração com as ações já realizadas pelo Centro de Referência de Assistência Social, o que poderá possibilitar o atendimento de mais idosos”.

“O Centro Novo Dia é um importante mecanismo de socialização e de atenção ao idoso. Vale ressaltar que 75% dos acidentes com idosos acontecem dentro de casa, na maioria das vezes quando ele está sozinho. No Centro Novo Dia, o idoso será acompanhado de perto, diariamente, por uma equipe preparada para isso”, completou o secretário de Desenvolvimento Social do Estado, Rogério Hamam.

O Programa São Paulo Amigo do Idoso se baseia no conceito de “Envelhecimento Ativo” da Organização Mundial de Saúde (OMS): independência, participação, assistência, autorrealização e dignidade.

Compartilhe