Ribeirão Pires registra queda de número de homicídios em 2011

A Estância Turística de Ribeirão Pires registrou queda significativa da taxa de homicídio. A informação, divulgada no início dessa semana pela SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), revela que o número de homicídios dolosos – quando há a intenção de matar – no município caiu de 16 para 06 nos oito primeiros meses do ano em comparação ao mesmo período de 2010.

Outros resultados positivos apresentados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo foram as quedas em 16,3% da taxa de roubo e 11,6% da taxa de furto.              “Esse é o resultado de um trabalho conjunto realizado entre as polícias Militar e Civil, do qual somos parceiros”, explica o Secretário de Segurança Pública de Ribeirão Pires, José Adão Alves. “O bom resultado beneficia os moradores. Por isso trabalhamos por meio da Guarda Civil Municipal para garantir ainda mais segurança aos moradores. O patrulhamento da GCM inibe a ação de criminosos e contribui para o trabalho desempenhado pela PM”, afirma o secretário.

No início de setembro, a SSP de Ribeirão Pires aderiu à Campanha Nacional do Desarmamento. A base da GCM, localizada à Rua Major Cardim, 360, Vila Mortari, região central da cidade, é ponto autorizado para a entrega de armas desde o último dia 21.

A entrega voluntária das armas pode ser feita durante todos os dias da semana, das 9h às 18h. No ato da entrega, não será necessária a identificação do proprietário da arma. A entrega também pode ser agendada pelo telefone 4828-3204. A SSP orienta os moradores a retirar, antes da entrega da arma, permissão para o transporte do armamento.

Para cada arma entregue, a campanha prevê indenização em dinheiro. O valor varia de R$ 100 a R$ 300, de acordo com o tipo de artefato entregue, e poderá ser sacado 24h após a entrega do armamento. O valor é pago pelo Governo Federal.

Compartilhe