Ribeirão Pires realiza campanha de vacinação contra a raiva

No mês de maio, cães e gatos da Estância Turística de Ribeirão Pires serão imunizados contra a raiva. Durante a Campanha de Vacinação Antirrábica 2012, que será realizada entre os dias 02 e 26, profissionais da Secretaria de Saúde e Higiene percorrerão bairros para aplicar as doses da vacina nos animais, inclusive aos sábados e domingos, em mais de 70 postos volantes espalhados pelo município.

Confira os postos volantes da primeira semana de vacinação no site da Prefeitura – www.ribeiraopires.sp.gov.br

Escolas estaduais, praças e pontos movimentados da cidade serão utilizados como postos para a aplicação das doses. A vacina também será disponibilizada, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) localizado na Rua Catharina Rios Giachelo, 185 – Jardim Boa Sorte.

Nesse ano, a meta é vacinar aproximadamente 16 mil animais na cidade (13.591 cães e 2.892 gatos). Até o dia 18 de maio, a vacinação será aplicada em cães e gatos. A partir do dia 21, as equipes do CCZ percorrerão os bairros mais distantes da cidade para realizar a segunda etapa da campanha, destinada exclusivamente à vacinação de felinos.

No dia 26 de maio, será realizado o encerramento da campanha na Praça Central da cidade, das 9h às 16h, com atividades educativas e a aplicação de doses da vacina em posto instalado no local.

“É importante que os moradores levem cães e gatos para serem vacinados contra a raiva, já que esta é uma doença mortal transmitida ao homem pela mordida, arranhões ou lambida do animal doente. A única arma que temos contra a doença é a prevenção”, afirma a Médica Veterinária do Centro de Controle de Zoonoses de Ribeirão Pires, Eliana Maciel de Goes.

Em 2010, a Campanha Antirrábica foi suspensa após o registro de reações adversas à vacina. O Ministério da Saúde disponibilizou doses da vacina contra a raiva adquiridas com tecnologia diferente da utilizada em 2010. Em Ribeirão Pires, durante a campanha daquele ano, que imunizou 6.214 cães e 551 gatos, não houve caso grave ou de óbito.

Compartilhe