Ribeirão Pires apresenta potencial de desenvolvimento na Feira Grande ABC

De hoje até sábado, 23 de março, a cidade de Ribeirão Pires, por meio da Prefeitura, participará da 3ª Feira Industrial Serviços e Negócios Grande ABC. A cidade terá espaço reservado no evento para apresentar seus principais atrativos econômicos, com destaque para o setor turístico.

As Chocolateiras de Ribeirão Pires darão toque especial à participação da Estância. Os empresários e visitantes que comparecerem ao Pavilhão Vera Cruz poderão degustar alguns dos produtos do grupo de empreendedoras que trabalham com a manipulação do chocolate. Além disso, serão distribuídos folders sobre os principais pontos turísticos com informações sobre projetos para o setor na cidade.

Evento será realizado em São Bernardo

Outro destaque no stand do município será o potencial de crescimento econômico. Em termos de logística, a localização da Pérola da Serra, próxima ao Porto de Santos, à capital paulista e, pelo Rodoanel, a outros importantes destinos, como o Aeroporto Internacional, em Guarulhos, e cidades do interior, é estratégica.

O leque de possibilidades para a instalação de empreendimentos é um atrativo para novas indústrias e serviços. Atualmente, o município, com cerca de 113 mil habitantes, possui 2,5 mil empreendimentos comerciais e industriais.

“Ribeirão Pires possui grandes atrativos, entre eles a preservação do meio ambiente e a qualidade de vida. Um de nossos maiores projetos na cidade para os próximos anos é aliar estas características ao desenvolvimento econômico, sempre respeitando a legislação vigente.

Ribeirão possui grande diversidade de negócios. É possível a instalação de indústrias do setor metalúrgico, por exemplo, e também atrair investidores para outros segmentos, como o turístico”, explicou o prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides.

Entre estes atrativos, está a desburocratização de procedimentos para construção, ampliação e abertura de novos negócios, como a emissão de certidão de uso de solo, processo que levava até 30 dias para ser concluído e que hoje pode ser feito em até 24h. Para alvarás de construção, que poderiam demorar até um ano para serem emitidos, o prazo foi reduzido para até três meses, já que plantas com até 10 mil metros quadrados podem ser liberadas diretamente pela Prefeitura. Até setembro passado, isso dependia de autorização da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).

Além de garantir facilidade em procedimentos legais, a Prefeitura também está reavaliando a legislação de incentivos fiscais. “A ideia é ampliar os benefícios que já existem, incluindo a isenção de taxas municipais”, explicou o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda da cidade, Paulo Silotti.

No setor turístico, há grandes projetos sendo desenvolvidos na cidade para impulsionar o turismo de um dia, ou de final de semana. A Prefeitura já encaminhou ao Ministério do Turismo, por exemplo, projeto para a construção de um Teleférico. Além disso, a formação de novos profissionais da área será impulsionada com a conclusão do Hotel Escola, que deve ser gerido em parceria com o Instituto Paula Souza, gestor da ETEC, com cursos em nível tecnológico nas áreas de gestão do turismo, hospedagem e gastronomia.

Paralelo aos projetos, outras ações para estimular os esportes de aventura e Off Road estão em curso, como uma etapa do Haka Race 2013, uma corrida de aventura que envolve canoagem, maratona, ciclismo e técnicas verticais, com a participação de mais de 500 atletas de todo Brasil, agendada para maio.

A Feira Grande ABC está sendo realizada no Pavilhão Vera Cruz, em São Bernardo do Campo, que fica na Av. Lucas Nogueira Garcez, 756, Jardim do Mar, até sábado. Hoje e amanhã, das 14h às 21h e no sábado, das 10h às 18h. O credenciamento é feito no local.

Compartilhe