Qual é o santo protetor dos bandidos?

Por Gazeta

Homens e mulheres se tornam santos por pregar a virtude, ter disposição para a prática do bem e elevada força moral, opondo-se aos vícios e atos pecaminosos como a inveja, a cobiça, a traição, a corrupção a perversão, a devassidão e outros adjetivos.

Entretanto “figuras” do porte do senhor Joesley que evidentemente não possui nenhum dos atributos acima, se acham na condição de receber as bênçãos de algum santo, pelo menos é o que se deduz ao ser flagrado com um terço, (vocês sabem o que é um terço)?, provavelmente invocando a proteção divina ao ser enviando a prisão. Pode até ser orientação do advogado, ou então o menos provável, que tenha se arrependido verdadeiramente de seus malfeitos e prometido a Deus doar sua imensa fortuna conquistada com muito suor e muita maracutaia, para purgar seus pecados e obter o perdão, se não de Deus, ao menos dos Ministros do Supremo sobre os quais tem tripudiado.

Mas falando em santos e malandros, o que dizer de certos “Pastores” que enriquecem as custas dos pobres crentes que lhes entregam o suado dízimo, para mantê-los em vida de luxo e luxúria, alguns verdadeiros metrossexuais, com seus ternos caros, cabelereiros, e manicures, luxos os quais o filho de Deus em nome do qual eles pregam, com certeza abominaria.

Mais cedo ou mais tarde, todos nós haveremos de prestar contas dos nossos atos. Quem morrer verá.

Compartilhe